Roland Garros anuncia esquema para receber público

Grand Slam de tênis em Paris terá no máximo 11,5 mil espectadores por dia

A organização de Roland Garros anunciou nesta segunda-feira (7) as regras para receber público durante a competição, a partir de 28 de setembro.
Segundo o informe em conjunto com a Federação Francesa de Tênis, o complexo será dividido em três áreas. As quadras Philippe Chatrier e Suzanne Lenglen (as duas principais do torneio) poderão receber até 5.000 espectadores cada uma. A Simonne Mathieu, 1.500.
As 11,5 mil pessoas por dia são menos do que os 60% do total dos últimos anos (cerca de 20 mil) que a organização esperava inicialmente para as primeiras rodadas.
Quem comprar ingresso para uma área não poderá entrar na outra. Só haverá público nas arquibancadas, onde serão permitidos grupos de até quatro pessoas sentadas juntas e deverá existir uma cadeira de distância entre cada agrupamento. As rodadas do classificatório não terão espectadores.

Além disso, outras medidas, como o uso obrigatório de máscaras para todos acima de 11 anos, disposição de estações de sanitização e higienização periódica dos locais serão adotadas.
Outra novidade no torneio neste ano foi a construção de um teto na quadra central, a Phillipe Chatrier, e a instalação de refletores nessa e em outras quadras, o que permitirá, pela primeira vez, que as partidas aconteçam durante a noite.
Assim como o US Open, Roland Garros também tentará montar uma espécie de “bolha” para os jogadores e todos envolvidos profissionalmente no evento: eles deverão ficar em um dos dois hotéis escolhidos pela organização, usar máscara o tempo todo e passar por testes periódicos. Também haverá um serviço de entrega de comida criado especialmente para o torneio.

A nova cobertura da quadra Philippe Chatrier, a principal de Roland Garros 

Em 2020, em razão da pandemia de coronavírus que paralisou o circuito do tênis, o torneio, que tradicionalmente acontece no primeiro semestre, será realizado de 21 de setembro (fase qualificatória) e 11 de outubro.
Já Wimbledon foi cancelado pela primeira vez desde a Segunda Guerra Mundial. O US Open está em andamento em Nova York, sem público.


Com Agências

RSS
Follow by Email
Twitter
Visit Us
Follow Me
YOUTUBE
Leitores On Line