Portabilis é uma das vencedoras do “Startups & Comunidades” 

A Portabilis foi uma das empresas contempladas pela Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), no edital “Startups & Comunidades”, uma iniciativa que buscou soluções para diminuir o impacto negativo da COVID-19 nas comunidades mais vulneráveis em todo o Brasil. 

A parceria com a ABDI permitirá que a empresa leve a solução “Portabilis SAS” para as Secretarias Municipais de Assistência Social, impactando a vida de milhares de profissionais do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) e famílias em situação de vulnerabilidade, em diversos municípios brasileiros.

O PortabilisSAS minimiza os riscos à saúde, com o apoio ao trabalho remoto, permitindo agendar a entrega ao beneficiário, melhorando a logística e evitando aglomerações nos equipamentos. A partir dos recursos de georreferência, é possível ainda desenvolver a vigilância socioterritorial utilizando mapas integrados ao Google Maps.

Com o apoio da ABDI, será possível fornecer a solução, de forma gratuita e num período de seis meses, para Municípios de até 50 mil habitantes, e fornecer por 6 meses com baixo custo para mais de 200 cidades, com objetivo de reduzir as barreiras de adoção.

Além da ampliação do PortabilisSAS, com o fomento da ABDI, a Portabilis lançará, no dia 10 de setembro, o DataSUAS, a maior e única, plataforma de dados abertos da Assistência Social do Brasil. 

O que é o DataSUAS?

O DataSUAS é uma plataforma digital de dados abertos da Assistência Social do Brasil (DataSUAS) para utilização pública, agregando informações como mapa de localização, forma de contato e modalidade de trabalho (se remoto, presencial ou híbrido) de todos os equipamentos que compõe a rede de serviço socioassistencial (direta, indireta e organizações), além de indicadores de situação de vulnerabilidade e risco social mapeadas nos territórios pelas Secretarias Municipais de Assistência Social, como por exemplo, o número de casos de violência e violação de direitos de crianças, adolescentes e mulheres. O DataSUAS será lançado integrado à solução de gestão de Assistência Social da Portabilis, o PortabilisSAS, para facilitar a disponibilização de dados atualizados na plataforma.  

Será a maior, e única, plataforma de dados abertos da Assistência Social do Brasil. A primeira etapa do projeto contemplará todos os Municípios do Estado de Santa Catarina.

Objetivos: O projeto visa impactar na diminuição das vulnerabilidades sociais, presentes no cotidiano de várias famílias no Brasil, agora agravadas pela crise socioeconômica em consequência da pandemia que o país enfrenta, servindo como ferramenta, tanto para a comunidade em geral, facilitando o acesso da população aos serviços e direitos socioassistenciais, como para as entidades da política pública de Assistência Social, agilizando os processos para maior alcance.

Quais dados constarão nessa plataforma?

A plataforma reunirá, em um mapa, dados abertos e públicos da Política de Assistência Social dos Municípios catarinenses como:

– Serviços socioassistenciais: Informações sobre condições de funcionamento dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), Centros de Referência Especializados em Assistência Social (CREAS), Entidades de Assistência Social Pública e Privada além de  Unidades de acolhimento como Abrigos, Casas de Passagem e Institutos de Longa Permanência Para Idosos (ILPI). 

– Indicadores: Reunirá também indicadores dos Registros Mensais de Atendimentos (RMA) dos equipamentos, com dados de volume de atendimentos e acompanhamentos, benefícios concedidos, dados de violência e violação de direitos de crianças e adolescentes, mulheres, idosos, em âmbito municipal, baseado nos dados abertos dos relatórios enviados ao Governo Federal nos anos anteriores. Há a possibilidade de cada cliente da Portabilis disponibilizar dados mais atualizados.

Para os Municípios que já possuem a solução de gestão da Portabilis, será possível consultar as informações dos equipamentos que compõem a rede de serviços,  e os dados, mês a mês, de situações de violações de direito, como negligência ou abandono, situação de trabalho infantil, ou ainda, quantas mulheres foram vítimas de violência. Todos os dados são anonimizados e sua coleta e disponibilização é prevista em resolução. Os que possuem sistemas de gestão não vinculados à Portabilis, poderão, de igual forma, também migrar seus dados para a plataforma. 

Este projeto se chamará DataSUAS, inspirado no DataSUS, e representa o propósito de construir um movimento que fortalece e valoriza a política de Assistência Social em todo o país, usando dados e evidências, para evitar desinformação e direcionar melhor as políticas públicas para a população em situação de vulnerabilidade.

Quando será lançado?

Será lançado dia 10 de setembro, de forma virtual, às 9h30, junto da equipe do Comitê Suas de Santa Catarina, e do Departamento de Assistência Social da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), que auxiliou na mentoria do projeto.

Como será disponibilizado?

Será disponibilizado de maneira gratuita à todos os Municípios catarinenses. Todos os dados públicos dos Municípios estarão lá, contemplando as entidades de Assistência Social do estado de Santa Catarina, com endereços, contatos e georreferenciamento das unidades CRAS, CREAS, Centro POP, Entidades não-governamentais, Unidades de acolhimento e ILPIs (Instituições de Longa Permanência para Idosos), e também dados detalhados das unidades de Secretarias usuárias do sistema Portabilis SAS.

Ampliação para todo o Brasil

Após o lançamento para o Estado de Santa Catarina, a plataforma será disponibilizada para Municípios de todo o país, em data que será divulgada posteriormente. Será disponibilizado um recurso de integração para que as Secretarias que utilizem outras soluções de gestão também possam agregar à plataforma os seus dados e ampliar o impacto para todo o território nacional.

Quem são os nossos apoiadores?

-Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI);

-Comitê Suas/SC – Covid-19: em defesa da vida;

-Centro de Apoio Operacional dos Direitos Humanos e Terceiro Setor/ Ministério Público de Santa Catarina (MPSC);

-Federação Catarinense de Municípios  (FECAM);

-Diretoria de Assistência Social (DIAS)/ Secretaria de Desenvolvimento Social (SDS).

O projeto teve a assessoria da professora Luziele Tapajós, pesquisadora do Departamento de Assistência Social da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e integrante do Comitê Suas Santa Catarina. 

Sobre a Portabilis

Somos um negócio de impacto que atende exclusivamente o governo. Nós acreditamos que se melhorarmos a forma como o setor público pensa e age, ele pode mudar a vida das pessoas.

Por isso, a nossa missão é ajudar a gerir de forma mais inteligente as políticas públicas de Educação e Assistência Social dos municípios, que acreditamos serem essenciais para as transformações sociais.

Com sede em Içara, Santa Catarina, estamos em mais de 100 cidades, impactando 500 mil alunos, 4 mil escolas públicas e quase 100 mil famílias em situação de vulnerabilidade e risco social.


Com Agências