Neymar tem diagnóstico positivo de coronavírus, diz jornal francês

O Paris Saint-Germain informou nesta quarta-feira (2) por meio de suas redes sociais que três jogadores do elenco tiveram diagnóstico positivo para coronavírus e foram submetidos aos protocolos de segurança.

Segundo o jornal L’Equipe, da França, um deles é Neymar, 28. Os outros dois seriam os argentinos Ángel Di María e Leandro Paredes.

Ainda nesta quarta, o brasileiro fez postagens em sua conta no Instagram jogando videogame com o filho Davi Lucca, 9. “Obrigado pelas mensagens, estamos todos bem”, escreveu, sem confirmar se está com a Covid-19

Após a derrota na final da Champions League para o Bayern de Munique, Neymar estava em Ibiza, na Espanha, aproveitando o período curto de férias que os atletas do clube francês tiveram depois da decisão do torneio europeu.

https://venha.leraqui.net/wp-content/uploads/2020/09/neymar20durante20a20final20da20champions20league20contra20o20bayern20de20munique.html

Durante este período, ele postou fotos com o filho, com o cantor alemão Aron Piper e com amigos, como Gil Cebola.

Para que os atletas do PSG tivessem o período de descanso respeitado, a Ligue 1 adiou a primeira partida dos parisienses no campeonato, que estava marcada para o último sábado (29).

O primeiro compromisso da equipe na temporada 2020/2021 está previsto para o próximo dia 10, contra o Angers, em casa, pela liga nacional.

Os argentinos Ángel Di María e Leandro Paredes, os outros dois jogadores do clube que contraíram o vírus, passaram as férias juntos e também viajaram para a Espanha. A dupla ainda postou uma foto de um jantar com outro companheiro de equipe, o espanhol Ander Herrera.

Recentemente, à revista oficial do Paris, Neymar afirmou que não irá deixar o PSG nesta janela de transferência, segundo ele pela ambição de conquistar a primeira Champions League da história do clube.

“Fico com a ambição de chegar à final da Liga dos Campeões novamente e, desta vez, ganhá-la. Gosto da ideia de fazer tudo ao meu alcance para colocar meu nome nos livros de história do clube”, disse o brasileiro.


Com Agências