Mulher é morta a facadas em Araranguá e companheiro é suspeito do crime, diz polícia

Filho da vitima, de 11 anos, estava em casa e presenciou parte do crime segundo o delegado Jair Duarte

Uma mulher de 42 anos foi morta a facadas dentro de casa em Araranguá, no Sul de Santa Catarina. O crime foi na madrugada de segunda-feira (7), e o suspeito do homicídio é o companheiro dela, segundo a Polícia Civil. 

O filho da vítima, de 11 anos, presenciou parte do crime e apontou o homem como autor das facadas, conforme o delegado Jair Pereira Duarte, responsável pela Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Araranguá.

Na madrugada, vizinhos ouviram uma discussão entre o casal. Mais tarde, um deles viu o filho da vítima na rua e foi ver o que tinha acontecido. Ele entrou na casa e encontrou o corpo da mulher, segundo a Polícia Militar.  

O homem de 38 anos, suspeito do crime, não é pai do menino. O paradeiro dele é desconhecido, e a arma do crime não foi localizada. O delegado informou que as investigações continuam e que serão realizados pedido judiciais para dar andamento ao caso de feminicídio.

araranguaCrime foi na madrugada de segunda-feira (7)


Com Agências