IPC em São Paulo registra 0,78% em agosto, maior alta do ano

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) na cidade de São Paulo, medido pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), fechou o mês de agosto com alta de 0,78%. Foi a maior elevação desde o início de 2020.

A alimentação foi o grupo de despesas com maior inflação no mês, com alta de 1,27%. Também contribuíram para a elevação o aumento dos preços do tomate (17,75%), do óleo de soja (13,02%) e do leite longa vida (5,08%). Nos primeiros oito meses do ano, a alimentação acumula inflação de 6,24%.

Os gastos com habitação registraram elevação de 0,98% em agosto, sob influência da alta da energia elétrica (4,37%) e do botijão de gás (3,99%). No acumulado do ano, as despesas com a habitação registram um aumento de 1,26%.

O grupo de despesas de transportes teve uma alta de 0,71% no mês, influenciado pelo aumento da gasolina (2,62%). Porém, no acumulado do ano, há uma queda de 0,54% nos gastos com transportes.

A saúde teve uma alta de 0,65% nos preços de agosto. No ano, esse grupo de despesas teve uma elevação de 2,97%, ficando abaixo apenas das despesas com alimentação.

RSS
Follow by Email
Twitter
Visit Us
Follow Me
YOUTUBE
Leitores On Line