Há quatro anos Justiça bloqueava bens do então prefeito de Carlópolis

Ele ameaça ser pré-candidato novamente no pleito deste ano

A juíza Andréa Russar Rachel determinou o bloqueio de bens do prefeito Marcos Antônio David, em Carlópolis.Ele teria superfaturado uma obra. A decisão foi tornada pública há cerca de dois anos e vem na esteira da tentativa dele ser pré-candidato ao mesmo cargo.

A magistrada tornou indisponíveis os bens de Pezão pelo dano ao erário público ao proceder a contratação de uma obra pelo valor de R$ 8.650,00 quando o valor gasto não chegou a metade para construção de um monumento em homenagem a “Tooro Nagashi”, na cabeceira da ponte que liga Carlópolis ao município paulista de Fartura,na divisa.

A solicitação partiu do Ministério Público,através de Ação Civil Pública por ato de improbidade administrativa.

O monumento do “Tooro Nagashi” foi erguido como forma de homenagear a colônia japonesa local.

A decisão da juíza foi assinada no final de fevereiro,mas só cumprida no meio de 2016 por questões burocráticas. Há boatos segundo os quais Pezão poderia concorrer este ano. É esperar para conferir se vai mesmo arriscar.