Embaixada do Brasil na França é alvo de protesto

Imagem ilustrativa do COVID-19 (novo coronavírus) com a bandeira do Brasil. O Governo Brasileiro confirmou nessa quarta-feira (26) o primeiro caso do COVID-19 no Brasil.

De acordo com reportagem do UOL, a representação diplomática conta “com um dos maiores defensores do bolsonarismo no exterior, o embaixador Luis Fernando Serra”, responsável por criticar o jornal Le Monde após o periódico publicar editorial sobre o presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Em carta enviada ao jornal, Serra defende Bolsonaro e diz que o presidente buscou “evitar histeria ou pânico” durante a pandemia de COVID-19.

O protesto contra a embaixada brasileira foi organizado por artistas e militantes brasileiros vivendo na Europa. O ato contou com fumaça preta e vermelha, cores “numa referência ao anti-fascismo”, afirma o UOL. A mesma embaixada foi alvo de outro protesto em maio deste ano.

Além disso, o consulado brasileiro em Zurique, na Suíça, e as embaixadas em Londres, Reino Unido, e Berlim, Alemanha, também já foram alvo de manifestações após a posse de Bolsonaro.


Com Agências

RSS
Follow by Email
Twitter
Visit Us
Follow Me
YOUTUBE
Leitores On Line