Banco Central envia alerta de sinais de irregularidades em prefeituras de SP

O Banco Central enviou ao Ministério Público de São Paulo uma série de alertas de indícios de irregularidades financeiras em quatro prefeituras do estado. Em Campinas, o problema foi na Sanasa, que é a empresa de saneamento local. Em Jundiaí, Praia Grande e Barueri, a suspeita envolve saques em espécie nas contas de órgãos públicos.

Procuradas pela coluna, a prefeitura de Praia Grande diz que se trata de uma movimentação de conta de R$ 30 mil feita em 2017 de uma sociedade de economia mista em processo de extinção.

Jundiaí diz que não houve retirada em dinheiro, descreve saques em cheque e diz que já enviou os dados ao Ministério Público. Em Campinas, a Sanasa afirma que são pendências de gestões passadas, mas que a empresa está verificando para regularizar rapidamente. A Prefeitura de Barueri nega a prática e diz que não foi notificada.

 


Com Agências