Aliados no Congresso estão ressabiados com a “lealdade” de Bolsonaro

Deputados da “base raiz” do governo não escondem mais, nos bastidores, a insatisfação com alguns gestos recentes do presidente da República com seus aliados de primeira hora no Congresso.

Um deles, aliás, pedindo reserva, perguntou a O Antagonista se era possível não mais ser identificado como “bolsonarista”. A avaliação que o site ouviu é a de que “não adianta ser leal, porque Bolsonaro já provou ser unilateral”.

Há 10 dias, em um sábado à noite, como noticiamos, deputados federais bolsonaristas foram barrados na porta do Palácio da Alvorada. Enquanto isso, o presidente recebia o cantor de axé e seu apoiador Netinho, conhecido pelo hit “Mila”. A turma não gostou das prioridades de Bolsonaro.