Agência BR - Zagueiro da Penapolense aproveita quarentena para aprofundar estudos da faculdade

Zagueiro da Penapolense aproveita quarentena para aprofundar estudos da faculdade

Esportes -

A carreira do jogador de futebol é intensa, e é difícil que o atleta consiga conciliar com atividades fora de campo, como os estudos, por exemplo. Felipe Bortolucci, da Penapolense, entretanto, foi no caminho contrário e se matriculou no curso de Educação Física no início deste ano. O zagueiro de 26 anos destacou a importância de pensar no pós-carreira desde já.

“Comecei esse ano e estou cursando o 1° semestre. Nossa carreira é curta e precisamos pensar no pós-futebol, então vejo a importância de planejar meu futuro antes que eu pare de jogar”, revelou o jogador.

 

Felipe Bortolucci aproveitou o período em casa para aprofundar nos estudos da faculdade (Foto: Divulgação/Penapolense)

Segundo Felipe, a paixão pelo esporte facilitou na escolha do curso universitário. O zagueiro do clube do interior paulista falou também sobre a relevância do educador físico, principalmente na vida de um atleta.

“Amo esporte e gosto muito de praticar atividade física. Vejo o quanto tem se tornado importante um educador físico na vida de uma pessoa. Como atleta, sei da importância de ser bem instruído e assim melhorar o desempenho como jogador profissional e também a saúde de pessoas comuns, melhorando os hábitos com treinamentos e uma alimentação saudável para ter uma melhor qualidade de vida”, falou.

A pandemia de covid-19 forçou uma paralisação das competições de futebol pelo mundo e colocou todos em casa, de quarentena. Para Felipe, o período sem atividades facilitou para conciliar os estudos, que, segundo ele, tem ajudado a enfrentar este momento conturbado.

“Todo dia tiro um pouco de tempo para os estudos, porque mesmo com a quarentena sigo treinando e tento aproveitar de alguma maneira esse tempo a mais para aumentar meu aprendizado, o que tem sido bom para ajudar mentalmente nesse momento tão difícil que estamos vivendo”.

A Penapolense, equipe de Felipe Bortolucci, vivia momento complicado antes da paralisação das competições. Na Série A2 do Campeonato Paulista, o CAP havia somado apenas nove pontos e ocupava a penúltima colocação na tabela.


Fonte: Com Agências

 


 Leitores On Line