3 Dicas para não errar na escolha da escola bilíngue


Não aprender somente a língua, em suas questões semânticas e gramaticais, mas também por meio dela, é um dos fatores que faz a diferença A principal característica do Ensino Bilíngue é a divisão curricular de matérias em dois grupos: A e B. O grupo A corresponde às disciplinas ensinadas na língua materna do país e, o grupo B, às disciplinas ensinadas em outro idioma. Investir no Ensino Bilíngue é investir em uma educação ampla e de acordo com a exigência das atuais gerações: a globalização.
Hoje, o inglês já não é um diferencial, mas uma necessidade básica para quem deseja uma boa colocação no mercado. De acordo com o Conselho Britânico, no Brasil apenas 5% da população sabe o básico de inglês e somente 1% é fluente na língua. Por isso, o Ensino Bilíngue aparece como tendência quando o assunto é educação completa e de qualidade.
No entanto, para que as expectativas da família sejam supridas, é importante ter um olhar atento no momento da escolha da escola que guiará o aluno no processo de aprendizado bilíngue. De acordo com a a coordenadora do Ensino Bilíngue do Colégio Positivo, professora Ana Teixeira, uma das grandes dificuldades na hora de escolher uma escola bilíngue, era o fato de não haver uma regulamentação formal que detalhasse quais os critérios que uma escola deve levar em conta para se enquadrar nessa modalidade.
“No entanto, em 2 de junho de 2020, o Conselho Nacional de Educação emitiu o parecer aprovado em 9 de julho de 2020, tornando-se um Projeto de Resolução intitulado Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Plurilíngue, que, apesar de ainda necessitar de homologação, em linhas gerais, prevê algumas ações que a escola precisa promover para ser caracterizada bilíngue”, explica.
Abaixo, confira 3 características presentes no projeto citado acima:
Tempo de instrução na língua adicional: É necessário que haja uma imersão real na língua para que os alunos sintam necessidade de usá-la. Momentos como o almoço ou intervalo, por exemplo, já podem acontecer usando a língua alvo. Dessa forma, os estudantes entendem que a interação deve ocorrer daquela maneira e, aos poucos, o uso se torna natural.
A segunda língua deve ser meio de instrução de disciplinas ou de projetos de transdisciplinares: O aprendizado da língua inglesa é uma parte importante do processo, porém, o ensino de disciplinas na língua inglesa promove uma fluência dentro de campos específicos do conhecimento, é o que chamamos de aquisição da língua e acontece de maneira não intencional, na qual a língua é o meio e o fim, assim como os conteúdos também são. “Isso garante que os alunos desenvolvam suas habilidades de fala e interpretação e consigam encarar o novo idioma de maneira mais natural e segura, ao mesmo passo que tem seu aprendizado nacional garantido pela carga horária das disciplinas”, explica.
Abordagens pedagógicas compatíveis com essa modalidade de educação: É preciso deixar claro que, ao formarmos indivíduos bilíngues, formamos para o mundo, instrumentalizando os alunos para que saibam apreciar diferentes culturas e se posicionar. Muito além de celebrar as datas comemorativas dos países da língua alvo, o Ensino Bilíngue envolve trabalhos integrados com escolas ao redor do mundo, envolve empatia e o despertar para novas perspectivas.
A coordenadora complementa dizendo que não basta o aluno “aprender” uma segunda língua. “Ser bilíngue é, também, estar preparado para se comunicar em mais de uma língua. Porém, muito mais do que isso, é conhecer novos mundos, novas mentalidades, poder escolher o momento e a melhor forma de utilizar os conhecimentos adquiridos de forma integral, se colocando como um cidadão multicultural, que perpassa pelas fronteiras e chega muito mais longe”, finaliza.
Curiosidades sobre o Ensino Bilíngue
Com o passar do tempo, meu filho pode esquecer a segunda língua?
Afinal, o que é Ensino Bilíngue?
Ensino Bilíngue X Escola de inglês – Qual o melhor para o meu filho?
Ensino Bilíngue x Ensino Internacional: Qual é a diferença?
Por que Bilíngues são mais espertos?
Quer que seu filho cresça mais seguro? O Bilíngue pode te ajudar!
RSS
Follow by Email
Twitter
Visit Us
Follow Me
YOUTUBE
Leitores On Line