Vídeo flagra PM agredindo mulher em Santa Tereza

5 de dezembro de 2016

O Dia

– Após uma discussão, militar dá um soco no rosto da vítima que estava tentando conter uma confusão –

Rio – Um vídeo que circula na internet mostra a agressão de um policial militar a uma mulher, no Largo dos Guimarães em Santa Tereza, na Região Central do Rio. O caso teria acontecido no último sábado e até a manhã desta segunda-feira, mais de 20 mil pessoas já haviam visto a publicação. 

No vídeo é possível observar que uma mulher e um homem estão conversando no meio da rua. Segundos depois o militar chega perto das duas pessoas e logo em seguida ele tenta arrastar o homem para a calçada. Na publicação um segundo homem grita e diz que a abordagem do militar “está errada”. Em seguida, algumas pessoas que estavam perto tentam entender a atitude do PM. Desta vez, o militar arrasta, novamente, o homem e é contido por populares que estavam perto. Nota-se que algumas pessoas pedem para que ele se acalmasse e que essa não deveria ser sua atitude. Após a mulher falar alguma coisa, o PM vai até ela e dá um soco em seu rosto. As pessoas que estavam perto da mulher agredida reagem e é possível observar que elas dizem que “estão filmando a atitude” do  militar.

Na publicação é possível notar que o militar está com uma pistola e em outra mão está com um objeto que seria um rádio ou telefone. Após alguns segundos, novamente, o PM vai para cima da mulher e o vídeo dá a entender que ele a agride novamente. Um homem diz: “Ele está errado. Ele agrediu a menina. Essa atitude, dele, não é bacana”. 

Versões de agressão se contradizem

Segundo uma mulher que presenciou a agressão, na noite de sábado, um taxista teria derrubado uma moto que estava estacionada no Largo dos Guimarães. Após o episódio, o dono do veículo teria questionado o taxista sobre o prejuízo. Logo em seguida, o motorista do táxi teria fugido do local sem pagar pelos danos causados. Ainda de acordo com a testemunha, o fato teria acontecido na frente de uma viatura policial, na altura do Mercado das Pulgas. A mulher diz ainda que, os “PMs não teriam se prontificado a ajudar”, deixando o dono da moto indignado com aquela atitude. À ocasião proprietário da moto teria gritado: “não vão fazer nada?”, o que teria gerado a revolta em um dos militares e causado toda a confusão. 

Confira o vídeo da agressão:

Por outro lado, a assessoria de imprensa da Polícia Militar afirmou que, uma dupla de policias do 5º BPM (Santa Tereza) atendeu uma ocorrência de incêndio em um imóvel no Largo dos Guimarães, em Santa Teresa, na madrugada do último domingo. Ainda segundo o comunicado, um deles ficou na delegacia registrando a ocorrência e o outro (do vídeo) retornou ao local para buscar o proprietário do imóvel. Quando chegou ao largo, o policial relatou ter presenciado um tumulto e foi abordar os envolvidos. O policial registou em boletim de ocorrência afirmando que tentou conduzir um homem por desacato, mas foi impedido por um grupo de pessoas. Essa, versão da PM.

Sobre a agressão a mulher, a Polícia Militar afirmou que o “policial errou ao agredir a mulher e responderá a um inquérito policial militar (IPM) que irá definir sua punição administrativa”. Ainda segundo o comunicado, o agente militar “será devidamente orientado a como conduzir ocorrências análogas, ou seja, não realizar abordagens sozinho”. Por fim, a assessoria diz que “repudia a violência e conta com a colaboração da sociedade para a melhoria do serviço prestado”. 

Leia também...

Loading...
Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com