Vereador condenado pede licença da câmara de Itajaí

Acácio, que exibiu filmes fazendo sexo com uma adolescente, ficará pelo menos 31 dias afastado

Condenado a sete anos de prisão domiciliar por filmar e divulgar as relações sexuais com um adolescente, o vereador Acácio José da Rosa (PSDB), 45 anos, pediu nesta quarta-feira, oficialmente, afastamento da câmara Municipal de Itajaí. Pelo documento apresentado à mesa diretora da câmara, a licença será de 31 dias.
Quem assumirá no lugar de Acácio será o empresário Roberto Rivelino da Cunha, o Beto, informou a presidência do PSDB de Itajaí.
O vereador atendeu pedido da comissão provisória do PSDB, que se reuniu ontem pela manhã para tratar do assunto, divulgado com exclusividade pelo DIARINHO. A decisão da comissão foi recomendar que o vereador se afaste das atividades partidárias e se licencie da câmara.
Acácio divulgou ‘nota de esclarecimento’ sobre o caso, onde se diz inocente. Na edição desta quinta-feira do DIARINHO, você lê a nota completa e mais detalhes do afastamento do vereador.

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com