Veja como votaram os senadores sobre a manutenção dos direitos políticos de Dilma

31 de agosto de 2016

Depois de aprovar a perda do mandato de Dilma Rousseff, o Senado também manteve, por 42 votos a 36, os direitos políticos de Dilma. Com isso, ela pode ocupar cargo público. Foram registradas três abstenções. 

A votação deste quesito foi feita separadamente a pedido de senadores do PT, que apresentaram o requerimento logo no início do dia e que foi acatado pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, mesmo sob protestos de aliados do presidente interino Michel Temer.

Na primeira votação, os senadores decidiram, por 61 votos a favor e 20 contra, que Dilma cometeu crimes de responsabilidade, afastando-a definitivamente da Presidência. A votação decisiva foi comandada pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski. O processo teve fim nove meses após a autorização da abertura do processo pelo deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Da mesma forma que na primeira votação, dois senadores favoráveis à perda dos direitos políticos de Dilma e dois contrários tiveram cinco minutos cada para encaminhamento de votação. A votação foi aberta, nominal e por registro eletrônico.

 

*/

Parlamentar Partido UF Voto
Acir Gurgacz PDT RO Não
Aécio Neves PSDB MG Sim
Aloysio Nunes Ferreira PSDB SP Sim
Alvaro Dias PV PR Sim
Ana Amélia PP RS Sim
Angela Portela PT RR Não
Antonio Anastasia PSDB MG Sim
Antônio Carlos Valadares PSB SE Não
Armando Monteiro PTB PE Não
Ataídes Oliveira PSDB TO Sim
Benedito de Lira PP AL Sim
Cássio Cunha Lima PSDB PB Sim
Cidinho Santos PR MT Não
Ciro Nogueira PP PI Sim
Cristovam Buarque PPS DF Sim
Dalírio Beber PSDB SC Sim
Dário Berger PMDB SC Sim
Davi Alcolumbre DEM AP Sim
Edison Lobão PMDB MA Não
Eduardo Amorim PSC SE Sim
Eduardo Braga PMDB AM Não
Eduardo Lopes PRB RJ Sim
Elmano Férrer PTB PI Não
Eunício Oliveira PMDB CE Abstenção
Fátima Bezerra PT RN Não
Fernando Bezerra Coelho PSB PE Sim
Fernando Collor PTC AL Sim
Flexa Ribeiro PSDB PA Sim
Garibaldi Alves Filho PMDB RN Sim
Gladson Cameli PP AC Sim
Gleisi Hoffmann PT PR Não
Helio José PMDB DF Não
Humberto Costa PT PE Não
Ivo Cassol PP RO Sim
Jader Barbalho PMDB PA Não
João Alberto Souza PMDB MA Não
João Capiberibe PSB AP Não
Jorge Viana PT AC Não
José Agripino DEM RN Sim
José Anibal PSDB SP Sim
José Maranhão PMDB PB Sim
José Medeiros PSD MT Sim
José Pimentel PT CE Não
Kátia Abreu PMDB TO Não
Lasier Martins PDT RS Sim
Lídice da Mata PSB BA Não
Lindbergh Farias PT RJ Não
Lúcia Vânia PSB GO Sim
Magno Malta PR ES Sim
Maria do Carmo Alves DEM SE Abstenção
Marta Suplicy PMDB SP Sim
Omar Aziz PSD AM Sim
Otto Alencar PSD BA Não
Paulo Bauer PSDB SC Sim
Paulo Paim PT RS Não
Paulo Rocha PT PA Não
Pedro Chaves (suplente de Delcídio Amaral cassado pelo Senado) PSC MS Sim
Raimundo Lira PMDB PB Não
Randolfe Rodrigues REDE AP Não
Regina Sousa PT PI Não
Reguffe sem partido DF Sim
Renan Calheiros PMDB AL Não
Ricardo Ferraço PSDB ES Sim
Roberto Muniz PP BA Não
Roberto Requião PMDB PR Não
Roberto Rocha PSB MA Não
Romario PSB RJ Sim
Romero Jucá PMDB RR Sim
Ronaldo Caiado DEM GO Sim
Rose de Freitas PMDB ES Não
Sérgio Petecão PSD AC Sim
Simone Tebet PMDB MS Sim
Tasso Jereissati PSDB CE Sim
Telmário Mota PDT RR Não
Valdir Raupp PMDB RO Abstenção
Vanessa Grazziotin PC do B AM Não
Vicentinho Alves PR TO Não
Waldemir Moka PMDB MS Sim
Wellington Fagundes PR MT Não
Wilder Morais PP GO Sim
Zezé Perrella PTB MG Sim

 

*Com informações da Agência Senado

 

Leia também...

Loading...
Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Leitores On Line