Usuários do Uber relatam situações de insegurança

Paola Lucas

– Passageiros reclamam que aplicativo não oferece suporte eficiente por telefone –

Rio – A credibilidade do aplicativo Uber, aqui no Rio, está sendo afetada entre alguns usuários. Apesar de frequentes elogios pelo excelente atendimento e baixo custo, há usuários que pretendem não usar mais o serviço por falta de segurança e de um suporte mais eficiente.

Na quinta-feira, alguns episódios levaram ao desespero duas usuárias do Uber. Uma delas, que preferiu não se identificar, pediu o carro para ir à Zona Oeste e ao seguir para o destino, o motorista errou o caminho e deixou a passageira nervosa. “Até então achei que ele só queria ganhar tempo”, contou.

Mas o problema se tornou maior quando um novo erro de percurso foi cometido pelo motorista, que após discussão, encerrou a corrida antes de chegar ao destino final e seguiu com a passageira, que está grávida de sete meses, para dentro da comunidade Cidade de Deus. “Liguei para meu marido, que exigiu que ele saísse de lá. E ele saiu depois de um tempo e me deixou próximo à entrada da Freguesia”, relatou a passageira.

Diferente do caso anterior, a profissional de Recursos Humanos Fabiana Ferreira chegou ao seu destino na corrida solicitada pelo aplicativo. Mas para sua surpresa, ao solicitar nova corrida duas horas depois, viu que a o pedido ainda estava em aberto. “O motorista encerrou a corrida, que era para ser rápida e tinha uma estimativa de R$ 15, me custou R$ 104! Ele rodou por 126 minutos. E mais, quando entrei no carro, o motorista foi grosseiro ao insistir em uma conversa sobre casos íntimos e pessoais seus. Me deixou constrangida e com medo”, disse. 

Foi preciso uma troca de 15 emails para que Fabiana tivesse o valor estornado pela empresa no dia seguinte ao ocorrido. Segundo ela, a Uber informou que o motorista seria ‘notificado’ pelo ocorrido.

Em nota, a Uber informou que, ao se sentir em risco, o usuário pode entrar em contato com a empresa pelo próprio aplicativo. E esclarece que a avaliação final do serviço é fundamental para o seu bom funcionamento. Os motoristas precisam ter média de 4,6 para continuar na plataforma.


Outros destaques: