TV Bahia recorre e debate deve ter apenas quatro candidatos

A TV Bahia vai recorrer da decisão da juíza Patrícia Kertezman que determinou ontem que a afiliada da Rede Globo inclua o candidato do PSOL à Prefeitura, Fábio Nogueira, como participante do debate que a emissora promove hoje à noite entre os prefeituráveis.

A emissora vai alegar que já existe jurisprudência do Supremo Tribunal Federal (STF) com relação, inclusive, à proibição do partido do candidato de participar de confrontos televisivos e que, mesmo juntando o tempo do PSOL com o da Rede, agremiação do candidato a vice de Fábio, ele não obtém o número mínimo de parlamentares no Congresso que asseguraria sua participação no debate.

Ao excluir Fábio e os candidatos Célia Sacramento, do PPL, e Rogério DaLuz, do PRTB, do confronto, a TV Bahia priorizou um formato no qual os quatro participantes – ACM Neto (DEM), Alice Portugal (PCdoB), Pastor Isidório (PDT) e Cláudio Silva (PP) -, de partidos maiores, podem expor melhor suas idéias e discutí-las com os concorrentes.


Outros destaques: