Turca Nazmiye Muratli levanta 104 Kg e quebra recorde mundial na categoria

 Ao levantar 104Kg, a halterofilista turca Nazmiye Muratli ganhou a medalha de ouro e quebrou o recorde mundial na categoria 41kg . A medalha de prata ficou com a chinesa Zhe Cui e a de bronze foi para a representante da Indonésia, Ni Nengah Widiasih. 

A torcida da Turquia estava animada desde o ínicio das provas, nesta quinta-feira, e a atleta femininoparalímpica bastante confiante. Depois de conseguir, na segunda tentativa, erguer os 104 Kg, ela ainda arriscou os 106 Kg, sem êxito. Muratli tem 37 anos, é paraplegica e depende de cadeiras de rodas. Ela já era a detentora do recorde mundial anterior na mesma categoria, conquistado em Dubai, em 2014. 

Integrante do cronograma das Paralimpíadas desde os Jogos de Tóquio 1964, o halterofilismo é o único esporte paralímpico no qual atletas são categorizados por peso e não por deficiência física. A modalidade coloca lado a lado atletas de diferentes tipos de limitações motoras.

O halterofilismo paralímpico valoriza a força máxima alcançada, medida em provas de supino reto. O movimento se inicia quando a barra é retirada do cavalete, com ou sem ajuda, e posteriormente suportada com os braços totalmente erguidos. Em seguida, o atleta desce a barra até a altura do peitoral e deve voltar à posição inicial.

Nesta sexta (09), será a vez das categorias até 45Kg feminino e até 54Kg masculino, 54 Kg masculino grupo B e até 59Kg masculino, às 10h, 13h, 13h e 16h respectivamente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com