Trump e Putin conversam por telefone sobre situação da Venezuela

Os presidentes dos Estados Unidos, Donald Trump, e da Rússia, Vladimir Putin, conversaram, hoje (3), por telefone, sobre a situação da Venezuela. Os mandatários também trataram de temas ligados à Ucrânia, Coreia do Norte e a um possível acordo de controle de armas atômicas envolvendo a China.

Segundo a secretária de imprensa da Casa Branca, Sarah Sanders, Trump disse ao homólogo russo que “os Estados Unidos estão com o povo da Venezuela”.

Em sua conta pessoal no Twitter, Trump classificou a conversa como “muito produtiva”. “Tive uma boa e longa conversa com o presidente Putin. Como eu sempre disse, muito antes da caça às bruxas começar, se dar bem com a Rússia, com a China e com todos é algo bom, e não algo ruim”, escreveu Trump, referindo-se a outro dos temas abordados durante o telefonema, as suspeitas de uma possível interferência da Rússia na eleição presidencial norte-americana, em 2016, vencida pelo republicano.

Já o Kremlin, em nota, informou que Putin e Trump também trataram das relações comerciais bilaterais e eventual cooperação econômica. Sobre a Venezuela, o presidente russo ressaltou que só os venezuelanos têm o direito de determinar o futuro de seu país e que qualquer interferência externa com vistas a mudar o governo local é prejudicial às perspectivas de uma solução política da crise.

Putin ainda informou Trump sobre a reunião que teve com o líder norte-coreano Kim Jong-un, em Vladivostok, em abril.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com