Trump diz que aumento com gastos militares será pago com avanço da economia

28 de fevereiro de 2017

Estadão Conteúdo

– As palavras de Trump são o último exemplo de que o presidente tem oferecido um ponto de vista conflitante com o de um membro de seu gabinete –

Washington – Um dia depois de sua equipe de orçamento ter prometido cortes de despesas para compensar um aumento de gastos militares, o presidente Donald Trump disse nesta terça-feira que a verba adicional que ele busca para defesa poderá ser obtida por um aumento na arrecadação ocasionado pelo aquecimento da economia.

“O dinheiro virá de uma economia em alta”, disse Trump, em entrevista a programa do canal de televisão Fox. “Quero dizer, você olha para o tipo de números que estamos fazendo, o PIB provavelmente está crescendo a mais de 1%. E se eu consigo triplicar isso, talvez mais, temos uma situação completamente diferente”, afirmou o republicano.

As palavras de Trump são o último exemplo de que o presidente tem oferecido um ponto de vista conflitante com o de um membro de seu gabinete. Na segunda-feira, o diretor do Escritório de Administração e Orçamento da Casa Branca, Mick Mulvaney, disse que as agências não ligadas à área de defesa estavam sendo convidadas a buscar cortes para compensar o aumento da defesa.

“É a maior redução proposta desde os primeiros anos da administração Reagan”, disse Mulvaney a repórteres. “A linha inferior é esta, o presidente vai proteger o país e fazer exatamente o que cada família americana teve que fazer ao longo dos últimos dois anos, e isso é priorizar gastos”.

Na entrevista de hoje, Trump disse que usaria seu discurso no horário nobre para uma sessão conjunta do Congresso na terça-feira para falar sobre sua proposta de aumentar os gastos militares, para mais segurança nas fronteiras e seu plano de revogar e substituir o Obamacare, sistema de saúde implementado pelo ex-presidente Barack Obama. “Tudo que eu posso fazer é falar de coração, e dizer o que eu quero fazer,” Trump disse.

Questionado sobre mais de 600 cargos de administração que permanecem vagos, principalmente porque ele não fez as nomeações, Trump disse que não quer ocupar a maioria das posições. “Muitos dos empregos não quero ocupar porque são desnecessários, temos tantas pessoas no governo”, disse Trump. “Muitos desses empregos eu não quero preencher.” 

Leia também...

Loading...
Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Leitores On Line