TRF2 mantém prisão de ex-subsecretário do sistema penitenciário do Rio

18 de abril de 2018

O ex-subsecretário da Secretaria Estadual de Administração Penitenciária (Seap) Marcos Vinícius Lips teve prisão preventiva mantida pelo Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2). A decisão foi tomada nesta quarta-feira (18) pela Primeira Turma especializada, que negou, por unanimidade, o pedido de habeas corpus.

Lips foi preso em março, durante a Operação Pão Nosso, acusado pelo Ministério Público Federal (MPF) de participação em esquema de superfaturamento na contratação de fornecimento de refeições aos presos.

De acordo com dados do processo, o prejuízo aos cofres públicos somaria cerca de R$ 23 milhões. O processo penal tramita na 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro. Ele foi denunciado pela força-tarefa da Lava Jato no Rio de Janeiro por corrupção, lavagem de dinheiro e participação na organização criminosa do ex-governador Sérgio Cabral.

O relator do pedido de habeas corpus foi o desembargador federal Abel Gomes. As informações são da assessoria do TRF2.

 

Leia também...

Loading...
Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Leitores On Line