Torcedores do Flamengo invadem Maracanã e provocam tumulto no entorno do estádio

14 de dezembro de 2017

Torcedores do Flamengo provocaram tumulto ontem (13) no entorno do Estádio do Maracanã, durante o jogo do clube contra o Estudiantes, da Argentina, pela final da Copa Sul-Americana. Os torcedores chegaram a invadir o estádio pelos portões de acesso da Avenida Radial Oeste.

Um carro foi depredado e seu motorista agredido por torcedores. Policiais militares do Batalhão de Choque tentaram controlar o tumulto com o uso de gás lacrimogêneo e balas de borracha. Depois da confusão, alguns torcedores foram encaminhados para o Juizado Especial do Torcedor, dentro do próprio estádio do Maracanã.

Grupos de torcedores também depredaram seis trens dos ramais Santa Cruz, Japeri e Gramacho. Ao todo, 54 janelas e uma luminária foram arrancadas e um visor de TV foi quebrado. De acordo com a concessionária Supervia, que administra os trens urbanos, apenas uma dessas composições foi recuperada a tempo de ser utilizada na operação de hoje. As outras precisaram ir para a oficina para a realização de reparos mais complexos.

Houve ainda danos em quatro estações dos ramais Gramacho, Deodoro e Japeri. Em Corte 8, placas de acrílico, que isolavam a via férrea, foram quebradas. Em Quintino, uma porta de acesso foi danificada a chutes e, em Anchieta, quatro lixeiras foram arrancadas.

Antes mesmo do jogo, na madrugada de ontem (13), 48 torcedores do Flamengo já tinham sido detidos acusados de jogar fogos de artifício e rojões em direção a hotéis na Barra da Tijuca, na zona oeste da cidade, e em Copacabana, na zona sul, onde estavam hospedados membros da delegação do time argentino do Independiente.

Matéria alterada às 8h29 de hoje (14) para acréscimo de informações (os três últimos parágrafos)

Leia também...

Loading...
Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com