Taxistas se unem e lançam o aplicativo

A crise econômica, aliada à chegada do Uber em Salvador, fez com que cinco taxistas amigos desenvolvessem e lançassem em agosto, o “Nosso Ap Táxi”, mais um aplicativo para atrair passageiros, que oferece descontos de até 30% em uma corrida. Através de panfletos e redes sociais eles investiram na divulgação e atualmente já são 130 integrantes ativos e mais 900 na fila aguardando confirmação de membro efetivo do grupo.

 ”O nosso objetivo é oferecer o melhor serviço de taxi da cidade”, garante Abraão Machado, um dos fundadores do “Nosso Ap Taxi”, que antes de se tornar taxista trabalhava como designe e considera a nova profissão vivendo “um momento difícil por conta da crise e da concorrência, mas acredito que a situação possa melhorar num futuro breve”.    

O desconto de 30% é oferecido pelo próprio motorista cadastrado no aplicativo. Para ter direito ao desconto, o pagamento da corrida, que é conferida via taxímetro, deve ser feito por meio de cartão de crédito, no débito ou em dinheiro. “Nós apostamos no crescimento do serviço. Com certeza daqui para a frente vai deslanchar”, acredita Machado. Os taxistas que oferecem o desconto chegam a aumentar o número de corridas em até 40%.

Competitividade
Em Salvador rodam hoje 7.260 taxistas e Machado observa que “ há uma grande competitividade com cada um oferecendo descontos. Estamos todos brigando por passageiros e procurando atender da melhor forma possível”, ressalta. Para participar do aplicativo como prestador de serviço, o candidato tem que estar devidamente cadastrado e pagar uma taxa inicial de R$ 30, “para manutenção do aplicativo, mas até o final de dezembro esta taxa deverá cair para R$ 10 e os melhores motoristas poderão até ser premiados coma isenção da taxa.

O nosso cliente pode receber a foto do taxista por e-mail e até o recibo de pagamento, assim como nos comunicar qualquer irregularidade que por ventura ocorra”, acrescentou.

Abraão critica o aplicativo Uber, dizendo ser este “ o campeão de reclamações do site Reclame Aqui, até por cobrar uma taxa de R$ 6, ao passageiro que chama e, em seguida, desiste do serviço. O Uber é totalmente desleal e os próprios motoristas são explorados e revelam enfrentar dificuldades no grupo que pratica a tarifa dinâmica, que varia conforme a demanda de chamadas”.

Concorrência à parte, quem sai lucrando nessa competitividade travada pelos taxistas da capital baiana é “ o passageiro. A cada semana eles procuram atender melhor, oferecendo descontos e mimos que acabam refletindo na melhoria do serviço. Hoje só pego no carro para dirigir nos finais de semana. De segunda à sexta vou de taxi, sempre buscando as melhores opções em aplicativos”, declarou à Tribuna o empresário Silvio César Amorim, 49, residente no Imbuí. Os interessados em conhecer o “ Nosso Ap Taxi” podem baixar o aplicativo via play store no celular androide ou I phone.  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com