Suspeito de matar médico é preso e será apresentado hoje pela polícia

O homem acusado de ter matado o médico Luiz Carlos Correia de Oliverira, 62 anos, que desapareceu no último dia 2 de outubro, foi preso pela Polícia Civil. Ele tem 28 anos e será apresentado hoje no Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP)

A apresentação vai ser conduzida pelos delegados José Bezerra e Clelba Teles, diretor e diretora-adjunta do DHPP e pelo diretor do Instituto Médico Legal, o perito Mário Câmara.

O carro da vítima só foi encontrado no dia 11 de outubro, na Via Parafuso, no trecho da cidade de Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). 

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), o corpo do médico foi encontrado na Via Parafuso, no dia 14, em um matagal em Simões Filho, também na RMS, em estado avançado de esqueletização – estado mais do que avançado de decomposição. 

A identificação foi realizada por meio de comparação feita com os exames odontológicos cedidos pela família da vítima, na última semana. Ainda são investigadas a causa e a motivação do assassinato.

 


Outros destaques: