STF acata liminar, suspende Operação Métis e resgata prerrogativas do Senado

O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), acolheu nesta quinta-feira (27) representação do policial legislativo do Senado Federal Antônio Tavares dos Santos Neto e suspendeu provisoriamente os efeitos da Operação Métis, da Polícia Federal.

A decisão foi tomada em caráter liminar e determina ainda a remessa de todo o processo relativo à operação da Justiça Federal do Distrito Federal para o Supremo.

"Diante da relevância dos fundamentos da reclamação, é de se deferir medida liminar para que esta Suprema Corte, tendo à sua disposição o inteiro teor das investigações promovidas, possa, no exercício do mandamento constitucional, decidir acerca da usurpação ou não de sua competência, bem como sobre a legitimidade ou não dos atos até agora praticados.", afirma o ministro Teori Zavaski em sua decisão.

Mais informações a seguir


Outros destaques: