Senadores defendem regulamentação da vaquejada

Proibir, não; regulamentar, sim. Essa foi a opinião de vários senadores do Nordeste sobre a polêmica da proibição pelo Supremo Tribunal Federal da prática das vaquejadas.

Na terça-feira (25), manifestantes tomaram a Esplanada dos Ministérios em protesto contra a decisão do STF que revogou uma lei cearense de regulamentação desses eventos.

Os senadores da região disseram que respeitam o entendimento do STF, mas defenderam, em Plenário, a regulamentação da atividade, para, de um lado, assegurar os empregos e, de outro, resguardar o direito dos animais.

Para o senador Eunício Oliveira (PMDB–CE), autor de uma das quatro propostas de regulamentação em pauta no Senado, o argumento dos maus-tratos não se sustenta.

 


Outros destaques: