Salvador está entre as cidades mais belas do mundo

Nesta terça-feira (1º ), data em que se comemoram os 515 anos da sua descoberta e denominação por Américo Vespúcio, a BTS-Baia de Todos-os-Santos será distinguida com certificação oficial como membro do Clube das Mais Belas Baías do Mundo (The Most Beautiful Bays in the World – TMBBW Club). A outorga acontece durante o XII congresso mundial da entidade, na cidade de Puerto Vallarta, no México. O evento será aberto neste sábado e prossegue até quarta-feira, 2. O êxito da iniciativa é resultante do trabalho conjunto empreendido pela ACB-Associação Comercial da Bahia, Salvador Destination, Fundação Bahia Viva (que passa a ser a gestora da BTS dentro do Clube), Prefeitura de Salvador e Yacht Clube da Bahia.

O secretário de Cultura e Turismo de Salvador, Érico Mendonça, que embarca para o México a fim de receber o título em companhia do comodoro do Yatch Club da Bahia e vice-presidente da Tribuna, Marcelo Sacramento, comemorou a distinção afirmando que “com a entrada no clube, a Baia de Todos-os-Santos terá maior visibilidade internacional e perspectiva de atração de investimentos privados”. A conquista da certificação se estendeu por um ano e exigiu uma vistoria à Baia, ocorrida em junho, ultimo estágio para que a BTS fosse aceita definitivamente no Clube sediado em Paris.

Para Marcelo Sacramento, comodoro do Yacht, “estar no grupo das cinco entidades que conseguiram viabilizar esta conquista é uma satisfação muito grande. Vivemos à beira da Baía, navegamos, cuidamos e preservamos essa reentrância marítima há 81 anos e poder colocá-la neste clube significa um novo estímulo para a atração de mais turistas, competições de regatas, novos investimentos, mais programas de preservação e maior geração de emprego e renda, o que nos faz muito felizes”. Conforme Sacramento, “a inserção no Clube das Mais Belas Baías do Mundo compreende uma grande alegria para todos nós que fazemos do Yacht Clube da Bahia um dos mais fortes clubes náuticos do mundo”.

IMPRESSIONADO – O presidente eleito para comandar a entidade em 2019, Michel Bujold, participou da vistoria, em junho, quando se disse “impressionado” com a visita e pela “dimensão cultural” existente no entorno da BTS. Durante a vistoria, foram apresentadas as ações previstas no Prodetur-Programa Nacional de Desenvolvimento do Turismo, que há dois anos disponibilizou investimentos de US$ 84,7 milhões, do Banco Mundial, na promoção do turismo náutico, de forma integrada ao segmento cultural e com outros benefícios aos 17 municípios situados no entorno da Baía, além de Salvador. Os recursos, todavia, permanecem disponíveis, mas ainda sem destinação por parte da Setur-Secretaria Estadual de Turismo.

No mundo, apenas 38 baias integram o seleto clube de Paris. No Brasil, até então, apenas a Praia do Rosa, em Imbituba, no litoral de Santa Catarina dispunha da certificação. 

 A BTS é a maior baia tropical do mundo e a segunda em dimensão, depois do Porto de Bengala, na Índia, com mais de 1,2 mil km² de extensão. O objetivo do Clube, uma organização sem fins lucrativos, é organizar, promover e proteger as baías participantes. Além do Brasil, há representantes de 30 países, como África do Sul, Grécia, Filipinas, França, China e Vietnã.


Outros destaques: