Saída da Venezuela do Mercosul tem apoio da OEA

7 de agosto de 2017

O Dia

– Nicolás Maduro defendeu a permanência do país e criticou a posição de líderes na América Latina que ‘lutam contra governos populares’ –

Venezuela – O secretariado geral da Organização dos Estados Americanos (OEA) expressou hoje apoio à decisão de suspender a Venezuela do Mercosul, de acordo com a “cláusula democrática do Protocolo de Ushuaia”.

“Democracia e direitos humanos são princípios inalienáveis nas Américas, e a sua defesa e fomento são valores fundamentais para a comunidade de Estados que fazem parte da OEA”, diz o secretariado em um comunicado.

O secretariado ainda reiterou seu pedido para o fim da repressão no país, o estabelecimento imediato de uma calendário eleitoral que inclua eleições presidenciais em 2017, a abertura de um canal para assistência humanitária, a restauração de plenos poderes da Assembleia Nacional, a libertação de prisioneiros políticos, a anulação de todas as atividades da “fraudulenta assembleia nacional constituinte, e o respeito inequívoco pelas instituições democráticas do Estado”.

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, defendeu a permanência do país no Mercosul e criticou a posição de líderes na América Latina que “lutam contra governos populares”. A crítica foi feita para os presidentes da Argentina, Mauricio Macri, e do Brasil, Michel Temer. “Ninguém vai nos tirar e adotar medidas ilegais como as que estão sendo tomadas”, disse ele à Radio Rebeld, emissora argentina. A entrevista foi gravada antes do bloco anunciar sua decisão de expulsar o país.

Leia também...

Loading...
Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Leitores On Line