Roubos de cargas no Rio têm queda de 50%, diz nota do governo

27 de agosto de 2017

Rio de Janeiro - Forças de segurança ocupam ruas próximas ao Complexo do Lins, na zona norte, na Operação Onerat, deflagrada para coibir roubos de cargas e o crime organizado (Tomaz Silva/Agência Brasil)

Forças de segurança ocuparam ruas próximas ao Complexo do Lins, na zona norte do Rio, numa operação para coibir roubos de cargas e o crime organizado    Tomaz Silva/Agência Brasil

O governo do Rio de Janeiro divulgou nota hoje (27) em que afirma que os índices de roubos de cargas nas estradas federais que cortam o estado diminuíram e que em algumas rodovias a queda chega a menos de 50%. As informações têm como origem dados divulgados pela Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Segundo dados do governo do Rio, os números são “os primeiros resultados da integração entre as Forças de Segurança estaduais e federais. As informações da Polícia Federal indicam que os roubos começaram a diminuir já a partir do início do segundo semestre do ano, quando o reforço no patrulhamento das rodovias foi intensificado”.

Dos 117 casos registrados em junho, o número de roubos de carga caiu para 37 até a última sexta-feira (25), diz a nota. “Na Via Dutra, que liga o Rio de Janeiro a São Paulo, os roubos caíram 52%. Entre 15 de junho e 14 de julho, foram 57 casos. Entre 15 de julho e 17 de agosto último, o número caiu para 27”.

Queda nos últimos três meses

De acordo com dados do Instituto de Segurança Pública (ISP), em maio foram registrados 1.239 casos, enquanto que em julho as ocorrências caíram para 908 roubos de cargas. “Nos três últimos meses, o roubo de cargas diminuiu em todo o estado”, afirma a nota.

As informações lembram que o governo do Rio lançou em julho último o plano Carga Segura para o Enfrentamento ao Roubo de Cargas, elaborado pela Secretaria de Segurança. O projeto, que vai se estender até o fim de 2018, inclui um conjunto de ações envolvendo o estado com reforço e participação da Polícia Rodoviária Federal e Polícia Federal, além da integração com os Ministérios da Justiça e da Defesa (e que incluem a participação das Forças Armadas); além do setor privado.

Segundo ainda o governo, atualmente 1.220 agentes da Polícia Rodoviária Federal ajudam no policiamento ostensivo no estado do Rio.

Leia também...

Loading...
Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Leitores On Line