Rio: Ministério Público combate tráfico de drogas na Região dos Lagos

O Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) fez hoje (4) uma grande operação contra o tráfico de drogas em São Pedro da Aldeia, na Região dos Lagos. O objetivo da ação, que teve apoio da Coordenadoria de Segurança e Inteligência do MPRJ e da Polícia Militar, foi prender traficantes e cumprir mandados de busca e apreensão em residências e em penitenciárias, onde alguns dos denunciados já estavam presos.

Segundo as investigações da 125ª Delegacia Policial, de São Pedro da Aldeia, desde dezembro de 2015, traficantes do Morro do Dendê, na Ilha do Governador, associaram-se para a venda de entorpecentes em São Pedro da Aldeia. Contando com a colaboração de adolescentes infratores e o uso de armas de fogo, o grupo é vinculado a uma facção criminosa que atua predominantemente no bairro São João.

Denúncia

Na denúncia, o MPRJ informa que colheu provas de que alguns acusados, mesmo custodiados, deram continuidade às práticas criminosas, por meio de uso de celulares. Na decisão proferida pela 2ª Vara Criminal de São Pedro da Aldeia, a situação é classificada de “rotina dentro do sistema penitenciário brasileiro”.

Segundo o Ministério Público, a associação contava com membros inseridos no sistema carcerário estadual. “Unidades penitenciárias funcionavam como verdadeiros escritórios a serviço da criminalidade, sendo certo que os denunciados se comunicavam por meio de linhas telefônicas, havendo verdadeira repartição de funções.”

De acordo com o Ministério Público, os mandados de busca e apreensão foram cumpridos em 20 endereços, incluindo as celas de sete denunciados que já estavam presos. Na operação. foram apreendidos três celulares e presas duas pessoas. Um dos acusados está foragido.

De acordo com o Comando do 25º Batalhão da Polícia Militar, de Cabo Frio, durante buscas na comunidade Boca do Mato, nesta cidade, também na Região dos Lagos, criminosos atiraram contra as equipes, e houve confronto. Na ação, dois policiais ficaram feridos e foram socorridos no Hospital Central de Emergências. O estado de saúde deles é estável. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com