Recife: Acompanhe a apauração dos votos do segundo turno para prefeito

Neste domingo (30), cerca de 32 milhões eleitores de 18 capitais e 39 municípios voltam às urnas para elegerem os chefes dos executivos municipais. O segundo turno das eleições ocorre em cidades com mais de 200 mil habitantes que não tiveram nenhum candidato com mais de 50% dos votos válidos no primeiro turno, que foi realizado no dia 2 de outubro.

Conheça quem disputa o segundo turno pela prefeitura de Recife:

O atual prefeito Geraldo Júlio (PSB) tenta o seu segundo mandato de prefeito. Servidor concursado do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE) e até então ocupante de cargos em secretarias e no Porto de Suape, Geraldo participou em 2012 da sua primeira eleição, onde foi eleito em primeiro turno com 51,15% dos votos válidos. Nesse pleito, Geraldo Júlio disputa a reeleição apoiado por 20 partidos – a Frente Popular do Recife, maior coligação do pleito. O atual vice, Luciano Siqueira (PCdoB), permanece na chapa que tenta a reeleição.

Já o operário metalúrgico e um dos fundadores do Partido dos Trabalhadores em Pernambuco, o economista João Paulo, tenta ocupar mais uma vez o posto que ele já ocupou por dois mandatos, entre 2001 e 2008. João também já foi eleito deputado federal. O último cargo que ele ocupou foi no comando da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), que deixou em maio deste ano por causa do afastamento da ex-presidente Dilma Rousseff. Nas eleições municipais deste ano, ele tem como vice o deputado estadual Sílvio Costa Filho (PRB) na chapa Recife Pela Democracia, formada por cinco partidos.

No primeiro turno, Geraldo Júlio chegou perto de sair vitorioso, tendo recebido 49,34% dos votos (430.997). João Paulo obteve 207.529 votos, o que equivale a 23,76% do total válido.


Outros destaques: