PT faz reunião ampliada para discutir situação de Lula

O PT convocou para esta segunda-feira (9), a partir das 10h, reunião ampliada do Conselho Político para discutir a situação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso desde abril, em Curitiba (PR).

A reunião será em São Paulo, no Diretório Nacional do Partido dos Trabalhadores. A presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), comandará a reunião e deverá conceder entrevista coletiva ao final, segundo a assessoria de imprensa.

O conflito de competência envolvendo as decisões, anunciadas neste domingo (8), sobre manter Lula preso ou libertá-lo levou o comando do PT a convocar a reunião extraordinária para amanhã.

Os deputados federais do PT Wadih Damous (RJ) e Paulo Pimenta (RS) estão em Curitiba onde Lula está detido na Superintendência da Polícia Federal. Segundo eles, Lula estava cético sobre sua detenção.

Lula foi condenado pelo Tribunal Regional Federal (TRF) 4 pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. A pena de 12 anos e um mês na ação penal do tríplex do Guarujá (SP), na Operação Lava Jato.