Protestos e 165 detenções marcam Dia do Trabalho na França

A celebração do Dia do Trabalho na França começou hoje (1º) com pelo menos 165 pessoas detidas em meio a protestos em Paris.

A forte atuação da polícia francesa ocorre após meses de atos em massa do movimento conhecido como coletes amarelos.

Confrontos com policiais da tropa de choque francesa durante uma manifestação no Dia do Trabalhador em Paris.

Dia do Trabalho, em Paris, tem protestos e ação da polícia: 165 pessoas foram detidas   (Reuters/Gonzalo Fuentes/Direitos Reservados)

Homens das forças de segurança foram destacados para cobrir praticamente toda a cidade e, até o meio-dia (horário local), policiais já haviam feito o que a prefeitura chamou de verificação preventiva de identidade de mais de 9 mil pessoas.

Tradicionalmente, o Dia do Trabalho na França é comemorado com grandes marchas em todo o país, organizadas por centrais sindicais e, em paralelo, uma manifestação da Frente Nacional, agora chamada de Agrupamento Nacional, principal partido de extrema direita do país.

*Com informações da Télam, agência pública de notícias da Argentina

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com