Presidente do Torino se dispõe a fazer amistoso com a Chape: 'me digam onde'

30 de novembro de 2016

O Dia

– Clube italiano também passou por tragédia semelhante em 1949 –

Turim – Depois da tragédia que atingiu o avião responsável por transportar a Chapecoense, era impossível não lembrar de outros acidentes parecidos que já aconteceram no mundo do futebol. Um dos mais marcantes de todos os tempos ficou na história do Torino, que pode realizar amistoso com a Chape, como forma de homenagem.

O clube italiano passava por grande fase em 1949, sendo tetracampeão consecutivo de seu país. O elenco era um dos melhores que o mundo já viu, sendo a base da seleção italiana que viria ao Brasil em 1950 para disputar a Copa do Mundo. No entanto, nunca tiveram essa oportunidade por conta de um acidente de avião.

Após um amistoso realizado contra o Sporting, em Lisboa, o avião que levava dirigentes, jornalistas, jogadores e comissão técnica colidiu com a basílica de Superga, já em Turim, matando todos os passageiros.

Muitas pessoas fizeram a ligação entre as duas tragédias e o site Quatro Tratti iniciou uma campanha para que fosse realizado um amistoso entre as duas equipes. O Toro já havia se pronunciado e prestado condolências ao time brasileiro, além de usar uma faixa preta e respeitar um minuto de silêncio em sua partida na última terça.

A torcida já havia levado uma faixa ao estádio com os seguintes dizeres: “Unidos pela mesma tragédia”. E agora, a realização do amistoso pode ser definida, segundo Umberto Cairo, presidente do Torino. Quando perguntado sobre a possibilidade, apenas respondeu: “digam-me onde”, se dispondo a ajudar na reconstrução da Chapecoense.

Leia também...

Loading...
Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Leitores On Line