Prefeituras das capitais: conheça os 205 candidatos que concorrem nas eleições 2016

Pouco mais de 32 milhões de eleitores das 26 capitais estaduais estarão aptos a votar nas eleições de outubro. O primeiro turno do pleito ocorre neste domingo (2). No âmbito majoritário, são 205 candidatos disputando as prefeituras dessas cidades, o que significa uma média de 7,8 candidatos por cadeira. Desses, 154 concorrem em cidades onde o atual prefeito tenta a reeleição e apenas 44 (20,48%) são mulheres.

O Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) é o que tem mais candidatos nas capitais: concorre em 24 cidades, ficando de fora apenas em duas localidades da região Norte, Rio Branco e Macapá. Em segundo lugar, vem o Partido dos Trabalhadores (PT) com candidatos concorrendo em 19 capitais, seguido pelo Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), em 16. As legendas com menos candidatos são PSD (Partido Social Democrático), com candidatos concorrendo em oito capitais, e PR (Partido da República), em sete.  

O mandato para o cargo de prefeito é de 4 anos. Dos seis chefes do executivo municipal que não disputam a reeleição, quatro já atuaram em duas gestões seguidas (Porto Alegre, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Goiânia) e dois não quiseram tentar um segundo mandato (Florianópolis e Cuiabá).

Nas localidades em que a disputa não se decida no próximo domingo, o segundo turno ocorrerá no fim do mês, em 30 de outubro. Pela regra, o segundo escrutínio só pode ocorrer nas eleições para prefeitos e vice-prefeitos de municípios com mais de 200 mil eleitores. Além disso, pelo critério da maioria absoluta, para ser eleito logo no primeiro turno, o candidato deverá obter mais da metade dos votos válidos e não, simplesmente, obter mais votos que seus concorrentes. A única capital brasileira que se encaixa no perfil dos municípios com menos de 200 mil eleitores é Palmas, que conta com 172.344 pessoas aptas a votar.

De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), desde o pleito de 2000, o número de mulheres eleitoras ultrapassa o de homens. Mas, esta é a primeira vez que o eleitorado feminino será maior que o masculino nos 26 estados onde haverá votação. Essa conquista chega 84 anos depois de as mulheres terem garantido o direito de escolher seus representantes nas urnas. Apesar disso, o número de mulheres candidatas ainda é baixo. Elas representam cerca de 30% dos candidatos de todos os municípios brasileiros.   

O tempo médio de votação no próximo dia 2 de outubro deverá ser de menos de um minuto, segundo o TSE. Isso porque a escolha recai apenas sobre os cargos de prefeito, que são identificados por dois números, e de vereador, por cinco.

Conheça o perfil de cada um dos 205 candidatos às prefeituras das capitais selecionando os estados abaixo:

Norte:

Macapá
Rio Branco
Porto Velho
Palmas
Manaus
Boa Vista
Belém

Nordeste

Maceió
São Luís
Natal
Aracaju
Teresina
João Pessoa
Recife
Salvador
Fortaleza

Centro-Oeste

Goiânia
Cuiabá
Campo Grande

Sudeste

São Paulo
Vitória
Rio de Janeiro
Belo Horizonte

Sul

Florianópolis
Curitiba
Porto Alegre


Outros destaques: