Polícia prende suspeito de participar de chacina de cinco jovens em Maricá

9 de abril de 2018

Policiais da Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo prenderam hoje (9) três homens suspeitos de participar de um grupo de milicianos que atua em Maricá, no Grande Rio. Entre eles, figura João Paulo Firmino, suspeito de atirar e matar cinco jovens no município, em 25 de março.

Os cinco adolescentes foram assassinados na área de convivência de um condomínio do programa Minha Casa, Minha Vida, em Itaipuaçu. A polícia acredita que eles tenham sido mortos por integrantes do grupo miliciano que atua na região e do qual os três presos hoje são suspeitos de fazer parte.

Os cinco mortos – Sávio Oliveira, Mateus Bittencourt, Matheus Baraúna, Marco Jhonathan e Patrick da Silva – tinham entre 16 e 20 anos, participavam de um projeto social ligado à cultura do rap e davam aulas para crianças. Eles voltavam de um show do rapper Projota quando foram executados dentro do condomínio.

Leia também...

Loading...
Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com