Polícia europeia lança jogo inspirado na copa para capturar fugitivos

12 de julho de 2018

O Europol, o Serviço Europeu de Polícia, com sede em Haia (Países Baixos), utilizou a criatividade para tentar capturar 25 criminosos que estão na lista dos mais perigosos da Europa. O sistema é um jogo interativo baseado na Copa do Mundo e foi lançado hoje (12). O objetivo é dar cartão vermelho aos fugitivos.

Para jogar, basta entrar nos endereços eletrônicos e seguir as regras. As orientações estão em inglês e há o alerta sobre a “Copa dos Mais Procurados da Europa”. O objetivo é tornar público o rosto de cada um dos procurados e assim, colaborar para que sejam presos.

O jogo está disponível no Facebook e também em um portal com endereço eletrônico para entrar no sistema ou simplesmente acompanhar os desdobramentos. Os 25 vencedores receberão uma bolsa esportiva da Europol.

A página inicial do jogo pode ser acessada no endereço https://eumostwanted.eu/crimeleague, enquanto as regras podem ser lidas em https://eumostwanted.eu/crimeleague/rules Os rostos dos procurados estão no endereço https://eumostwanted.eu/.

Mosaico com os mais procurados da Europa

Mosaico do jogo Copa dos Mais Procurados criado pelo Europol (Europol/Direitos Reservados)

Atraindo visitantes

Na página do jogo, a recomendação: “Não deixe que eles ganhem! Não é uma honra jogar neste campeonato. Esses criminosos são procurados por crimes muito sérios, como assassinato, assalto a mão armada, fraude e tráfico de drogas”.

Segundo a Europol, iniciativas interativas anteriores possibilitaram seis prisões, três realizadas durante a campanha do Natal de 2016, e as outras por meio de cartões postais de 2017.

“A experiência tem nos mostrado que um tom mais original é necessário para atrair visitantes ao website [dos mais procurados da Europol]”, observou o porta-voz do Europol, Jan Op Gen Oorth. “Manter um número alto de visitantes é importante para elevar as chances de colocar esses criminosos atrás das grades.”

Mais procurados

Os cartões do jogo têm as fotos dos procurados, algumas em preto e branco, com os nomes e a nacionalidade. Ao clicar sobre a imagem, aparecem os crimes pelos quais são procurados, os idiomas que falam, a idade e a situação judicial em que se encontram – há os que não compareceram ao tribunal e outros que são fugitivos da cadeia.

Nesta parte do jogo, há a possibilidade de mudar o idioma para várias línguas, inclusive o português. Ao clicar sobre a imagem, em alguns casos, o procurado já foi capturado e está preso. Em outros, são oferecidas recompensas, que variam desde 5 mil euros a 1 milhão de euros.

Ao clicar, é possível ainda obter as informações sobre como transmitir dados a respeito do procurado.

Como funciona

De acordo com a regra, os jogadores vão desbloqueando as cartas dos criminosos por meio de códigos encontrados nas redes sociais. É um jogo de investigação em redes sociais das agências europeias de aplicação da lei e da Europol. Quando o código é inserido, algumas cartas são desbloqueadas. O objetivo é completar a equipe de Criminosos Mais Procurados da Europa.

Conforme a estratégia da Europol, o jogador que participa do jogo vai se familiarizando com os rostos e os crimes de alguns dos fugitivos mais perigosos da Europa. Além disso, à medida que os resultados são compartilhados nas mídias sociais, os fugitivos ficam ainda mais visíveis para amigos e seguidores, aumentando as chances de uma denúncia para captura.

*Com informações da repórter Marieta Cazarré, de Portugal, e da Deutsche Welle, agência pública de notícias da Alemanha.

Leia também...

Loading...
Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com