Pesquisa aponta vitória de Herzem sobre Zé Raimundo em Conquista

Os moradores de Vitória da Conquista, no Sudoeste baiano, vão às urnas neste domingo (30), para definir quem será o prefeito da cidade a partir de janeiro do próximo ano. No páreo, Herzem Gusmão (PMDB) disputa o segundo turno com Zé Raimundo (PT). E no que depender das pesquisas eleitorais, o peemedebista vai levar vantagem. Na reta final das eleições, uma pesquisa divulgada pelo Instituto Painel Brasil coloca Herzem na liderança, com 64,75% das intenções de voto na cidade, enquanto Zé Raimundo aparece com apenas 35,25, quase a metade do oponente.

O estudo, registrado no Tribunal Regional Eleitoral (TRE), foi realizado entre os dias 22 e 24 de outubro e ouviu 900 pessoas. Ainda segundo o instituto, a margem de erro é de 95%.

“Não existe dúvida! O próximo prefeito de Vitória da Conquista tem nome e sobrenome: Herzem Gusmão”, comemorou o próprio candidato em suas redes sociais. “Nos quatro cantos da cidade, o carinho demonstrado pelas pessoas à nossa candidatura é tão contagiante, que não temos palavras para descrever. Mas as imagens falam por si só!”, continuou ele. Única cidade que terá segundo turno na Bahia, a disputa entre PT e PMDB vem sendo travada desde o primeiro turno.

Na fase anterior, o radialista venceu com uma boa margem de votos (47,82%), enquanto Zé Raimundo, que já foi o chefe do Executivo por duas vezes e vice-prefeito da cidade, ficou com 31,69% dos votos. Conquista é um dos domínios do PT no estado e vem sendo governada pelo partido desde 1997.

As campanhas dos dois candidatos vêm sendo marcadas por trocas de acusações. Em entrevista recente, Herzem criticou a gestão petista na cidade. “Se o PT não conseguiu reabrir o Centro de Cultura, que só precisa de R$300 mil, vai conseguir realizar grandes obras como o aeroporto e a barragem?”, questionou ele.

“Na segunda-feira, em sua entrevista na TV Sudoeste, o candidato do PMDB afirmou que já existe aprovada uma emenda de bancada, na Câmara dos Deputados, no valor de  R$ 100 milhões para construir a Barragem do Catolé. Ontem, o deputado Waldenor Pereira desmentiu o candidato. “Eu lamento muito que o candidato do PMDB falte com a verdade”, rebateu Zé Raimundo.

Partidos tentam embalar candidatos

Para chegar ao posto mais alto da administração da cidade, Herzem Gusmão conta com o apoio de nomes importantes do PMDB, como o ministro de Temer Geddel Vieira Lima e seu irmão, Lúcio Vieira Lima.

“Venceremos essas eleições. Nós estamos sentindo em cada rua, na Zona Rural”, disse ele durante lançamento da candidatura de um vereador, ainda no primeiro turno. Entre as propostas, ele promete implantar abrigos em pontos de ônibus espalhados pela cidade e
Já Zé Raimundo conta com o apoio do atual prefeito de Conquista e do governador Rui Costa, com quem marchou pelas ruas da cidade durante a campanha. A primeira parte da estratégia era conseguir levar o pleito para o segundo turno.

“Não há um município que não tenha uma obra sem a marca do governador Rui Costa. E aqui em Conquista vocês estão vendo aí, ele vai concluir o novo aeroporto de Conquista, ele vai construir a Barragem do Catolé, melhorar a segurança, a saúde em parceria, se Deus quiser, com o governo que vocês vão eleger e a partir do dia 1º de janeiro estaremos eu, Sidélia [Reis Porto, candidata a vice-prefeita] e vocês governando essa cidade”, disse o petista.


Outros destaques: