País mantém desde 2011 diferença de aprendizagem entre ricos e pobres

No Brasil, enquanto 83% dos estudantes mais ricos saem da escola pública tendo aprendido o adequado em língua portuguesa ao final do ensino médio, entre os estudantes mais pobres, essa porcentagem é 17%. Em matemática, 63,6% dos alunos mais ricos aprenderam o adequado e apenas 3,1% dos mais pobres saem da escola sabendo o mínimo considerado suficiente na disciplina. Os dados são do Todos pela Educação (TPE), organização social, sem fins lucrativos. 

A entidade analisou os microdados do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) 2017 e mostrou que há diferença grande e constante, desde 2011, entre o desempenho dos mais ricos e dos mais pobres em todos os níveis analisados, no 5º e no 9º ano do ensino fundamental e no 3º ano do ensino médio. A disparidade entre as porcentagens de estudantes que aprendem o adequado chega a ser quase cinco vezes maior entre aqueles com maior nível socioeconômico e os com menor nível.

“A educação, que poderia ser uma das principais ferramentas para diminuir a desigualdade de aprendizagem não tem conseguido fazer isso de maneira consistente no Brasil”, diz o diretor de Políticas Educacionais do TPE, Olavo Nogueira Filho. “A gente está avançando na média brasileira, mas está mantendo um alto grau de desigualdade entre alunos de nível socioeconômico mais alto e mais baixo. Estamos melhorando sem conseguir diminuir esse resultado entre mais ricos e mais pobres”, avalia.

O Saeb avalia estudantes quanto aos conhecimentos de língua portuguesa e matemática e é aplicado de dois em dois anos. A avaliação é de responsabilidade do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), que classifica os estudantes em seis grupos, considerando o nível socioeconômico.

O grupo 1 reúne os estudantes com o menor poder aquisitivo. São, em maior parte, estudantes com renda familiar mensal de até um salário mínimo e que têm, em casa, bens elementares, como uma geladeira e uma televisão, sem máquina de lavar roupa ou computador. Os pais ou responsáveis têm formação até o 5º ano do ensino fundamental ou inferior.

Na outra ponta, está o grupo 6, com estudantes com renda familiar mensal de sete salários mínimos ou mais, cujos pais ou responsáveis completaram a faculdade e que tem em casa três ou mais televisores, dois ou mais computadores, entre outros bens.

A diferença é constatada desde o 5º ano do ensino fundamental, quando 90,4% dos mais ricos aprendem o adequado em língua portuguesa e 83,9%, em matemática e apenas 26,3% dos mais pobres aprendem o adequado em português e 18,1%, em matemática.

De acordo com Nogueira Filho, a escola pública não está cumprindo um de seus principais potenciais: reduzir desigualdades. “Para fazer isso, é preciso ter uma política educacional que se preocupe com essa questão. Uma política educacional que se traduza em mais recursos para quem tem maior desafio”, defende.

De acordo com o diretor, ocorre o contrário no país. “Os municípios mais vulneráveis, em geral, são os que têm menor investimento por aluno quando comparados com regiões de nível socioeconômico mais elevado”.

Aprendizagem adequada

De acordo com o levantamento do TPE, em média, considerando juntos todos os níveis socioeconômicos, houve melhora na aprendizagem no país, no ensino fundamental. No ensino médio, há praticamente estagnação desde 2001.

O maior salto foi no 5º ano do ensino fundamental. Em 2001, 23,7% dos estudantes aprendiam o adequado em língua portuguesa e 14,9%, em matemática. Essas porcentagens chegaram a 60,7% e a 48,9%, respectivamente, em 2017.

No final do ensino médio, em 2001, 25,8% dos jovens deixavam a escola sabendo o mínimo adequado em português e 11,6%, em matemática. Em 2017, essas porcentagens passaram para 29,1% em língua portuguesa e reduziram para 9,1% em matemática.  

O TPE considera como aprendizagem adequada estudantes que obtiveram pelo menos, em língua portuguesa, 200 pontos no 5º ano do ensino fundamental, 275 no 9º ano e 300 no final do ensino médio. Em matemática, é necessário tirar pelo menos 225 pontos no 5º ano, 300 pontos no 9º ano e 350 pontos no 3º ano do ensino médio.

As pontuações foram definidas por um conjunto de especialistas que buscou como referência, inclusive, o desempenho de estudantes de nível semelhante em outros países.

Seguindo os níveis propostos pelo Inep, essas pontuações significam que os estudantes devem estar pelo menos no nível 5 de 10 níveis em matemática e no nível 4 de 9 níveis em língua portuguesa, no 5º ano; no nível 4 de 8 níveis em português e 5 de 9 níveis em matemática, no 9º ano; e no 6 de 10 em matemática e nível 4 de 8 níveis em língua portuguesa, no 3º ano do ensino médio.

Ministério da Educação

No ano passado, o Ministério da Educação divulgou, pela primeira vez, o nível que considera adequado para cada etapa. Os níveis considerados são mais rígidos do que os definidos pelo Todos pela Educação, considerando adequado apenas o nível 7 em ambas disciplinas. A métrica foi questionada por especialistas.

Pelo critério do MEC, apenas 1,62% dos estudantes obtiveram o mínimo adequado em língua portuguesa ao final do ensino médio e 4,52%, o mínimo em matemática, em 2017.

24 Comentários

  • I just want to mention I’m new to blogging and site-building and really loved this web site. Probably I’m planning to bookmark your site . You certainly have outstanding articles and reviews. Cheers for sharing with us your web site.

  • If I were the one having to write this content, all these readers would be disappointed. It’s a good thing you are the writer and you bring fresh ideas to us all. This is interesting.

  • Your style is so unique in comparison to other people I have read stuff from. I appreciate you for posting when you’ve got the opportunity, Guess I’ll just book mark this site.

  • Thanks , I’ve just been searching for information approximately this subject for a while and yours is the best I have discovered so far. However, what about the bottom line? Are you positive in regards to the supply?

  • What’s Going down i’m new to this, I stumbled upon this I’ve found It absolutely helpful and it has aided me out loads. I hope to give a contribution & help other users like its aided me. Great job.

  • I truly enjoy reading on this internet site , it holds great articles . “Words are, of course, the most powerful drug used by mankind.” by Rudyard Kipling.

  • Good post. I learn something new and challenging on blogs I stumbleupon every day. It will always be helpful to read through articles from other writers and use a little something from their web sites.

  • Someone essentially help to make seriously articles I would state. This is the very first time I frequented your web page and thus far? I surprised with the research you made to create this particular publish extraordinary. Fantastic job!

  • An outstanding share! I’ve just forwarded this onto a colleague who had been conducting a little homework on this. And he in fact ordered me breakfast because I found it for him… lol. So allow me to reword this…. Thank YOU for the meal!! But yeah, thanks for spending the time to talk about this issue here on your blog.

  • This blog was… how do you say it? Relevant!! Finally I’ve found something that helped me. Kudos!

  • Can I simply say what a relief to search out someone who actually is aware of what theyre speaking about on the internet. You undoubtedly know the best way to convey a problem to light and make it important. More folks need to read this and perceive this aspect of the story. I cant believe youre no more in style since you undoubtedly have the gift.

  • Great goods from you, man. I’ve understand your stuff previous to and you’re just too wonderful. I actually like what you’ve acquired here, really like what you’re stating and the way in which you say it. You make it entertaining and you still care for to keep it wise. I can not wait to read far more from you. This is really a wonderful web site.

  • Excellent items from you, man. I have keep in mind your stuff previous to and you’re just too fantastic. I really like what you have got here, really like what you’re saying and the best way during which you are saying it. You are making it entertaining and you still care for to keep it wise. I cant wait to read far more from you. This is really a great web site.

  • Wonderful blog! I found it while surfing around on Yahoo News. Do you have any tips on how to get listed in Yahoo News? I’ve been trying for a while but I never seem to get there! Thanks

  • Hello there, You have done an excellent job. I’ll certainly digg it and personally recommend to my friends. I’m confident they will be benefited from this site.

  • Thanks for the helpful write-up. It is also my opinion that mesothelioma has an really long latency time, which means that signs of the disease would possibly not emerge until eventually 30 to 50 years after the preliminary exposure to mesothelioma. Pleural mesothelioma, and that is the most common sort and influences the area across the lungs, could cause shortness of breath, upper body pains, as well as a persistent coughing, which may result in coughing up maintain.

  • You made some good points there. I checked on the internet to learn more about the issue and found most people will go along with your views on this web site.

  • Have you ever thought about including a little bit more than just your articles? I mean, what you say is fundamental and all. Nevertheless imagine if you added some great visuals or video clips to give your posts more, “pop”! Your content is excellent but with pics and video clips, this website could definitely be one of the very best in its field. Terrific blog!

  • Faytech North America is a touch screen Manufacturer of both monitors and pcs. They specialize in the design, development, manufacturing and marketing of Capacitive touch screen, Resistive touch screen, Industrial touch screen, IP65 touch screen, touchscreen monitors and integrated touchscreen PCs. Contact them at http://www.faytech.us, 121 Varick Street, New York, NY 10013, +1 646 205 3214

  • I’ve learned some important things as a result of your post. I would also like to convey that there may be situation in which you will have a loan and do not need a co-signer such as a Federal government Student Aid Loan. But when you are getting that loan through a conventional financier then you need to be made ready to have a cosigner ready to help you. The lenders will base their decision using a few components but the largest will be your credit worthiness. There are some lenders that will furthermore look at your work history and choose based on this but in almost all cases it will be based on on your score.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com