Operação Verão: Policiamento em diversas partes da cidade é reforçado

Gabriel Sobreira

– Boulevard Olímpico ganhou reforço de 20 policiais; Bairros da Barra da Tijuca e Recreio dos Bandeirantes também receberam uma atenção maior –

Rio – A pouco menos de três meses para a estação mais quente do ano, foi iniciada neste sábado a Operação Verão, com 850 policias – 150 a mais do que em 2015 – e algumas novidades. O Boulevard Olímpico ganhou reforço de 20 policiais e também os bairros da Barra da Tijuca e Recreio dos Bandeirantes receberam uma atenção maior. “Percebemos que o Boulevard precisa de cuidados porque tem uma grande aglomeração. Já o Recreio dos Bandeirantes e Barra da Tijuca são bairros que ganharam uma acessibilidade maior devido a Transolímpica”, explica o porta-voz da PM, capitão Maicon Pereira.

O reforço também chegou na Zona Sul. No Arpoador, quatro jovens foram flagrados com drogas e encaminhados para delegacia. A população aprovou o aumento do policiamento. O ajudante de pedreiro, e vendedor de picolés nas horas vagas, Juan Gabriel, de 18 anos, foi revistado e apoiou a medida. “Me senti tranquilo. Eles estão fazendo o serviço deles. Quem não deve, não teme. Tem gente que se passa de vendedor, mas não vende nem cerveja ou sacolé e acaba prejudicando trabalhadores como eu”, desabafa.

As amigas Camila Gama, 28 anos, e Bárbara Figueira, 21, ambas assistentes administrativas, já viram assalto em outras ocasiões na área do Arpoador, mas que agora estão tranquilas. “Estamos deitadas nas pedras, usando o celular e sem qualquer medo. Tomara que essa operação fique sem data para acabar”, torce Bárbara, moradora de Vila Isabel.

Segundo o capitão Pereira, a duração da operação é mais ou menos certa. “Ela se estende enquanto essa aglomeração de pessoas perdurar nas orlas cariocas. Pode ser até o final do verão ou do carnaval”, explica.

Para auxiliar no monitoramento das praias, a polícia ainda conta com um helicóptero – com câmera que captura até 2 quilometros de distância – que transmite imagens em tempo real para o carro-comando e para o imageador aéreo – espécie de controle com display e antenas –, manuseado pelo Grupamento Aeromóvel. O caminhão estacionado no Arpoador possui doze estações com telas e um policial em cada uma delas monitorando as imagens captadas pelo helicóptero e também as imagens do CORIO (Centro de Operações). “O objetivo da operação é aumentar a segurança das pessoas no deslocamento da praia. Essa é uma operação conjunta da Polícia Militar com a Guarda Municipal e das Secretarias Municiapis de Desenvolvimento Social e de Ordem Pública”, frisa.

Na zona portuária, os turistas e vendedores locais conferiram e comemoraram o aumento policial. “Vi alguns policiais e isso me deixa bem mais segura. Não tenho menor problema para tirar minhas fotos ou falar ao celular”, vibra a publicitária Renata Troccoli, de Vitória, do Espírito Santo. A designer de joias naturais Inez Passos, que tem uma barraca no Boulevard, estabelece um paralelo entre a segurança e os negócios. “Aumentando a segurança, mais pessoas vêm para cá e consomem mais. Sem falar que nós vendedores também nos sentimos muito mais à vontade para expor nossos trabalhos”, salienta. Enquanto isso, um grupo de policiais fazia ronda perto do VLT.

Além do Boulevard Olímpico, a Operação Verão cobre do Flamengo até o Recreio dos Bandeirantes. Cerca de 30 pontos na cidade serão de abordagem de veículos, principalmente ônibus.

“Essas abordagens têm acompanhamento da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, porém não posso divulgar onde são esses pontos e, por questão de estratégia, acabaria comprometendo o objetivo da operação”, justifica.


Outros destaques: