Ônibus são incendiados e avenida é fechada após confronto na zona norte do Rio

2 de fevereiro de 2018

Quatro ônibus foram queimados por moradores agora à noite, no bairro da Pavuna, zona norte do Rio, em represália a uma ação da Polícia Militar contra o tráfico de drogas no Complexo do Chapadão, em Costa Barros. Houve confronto na localidade conhecida como Pirâmide e três criminosos acabaram feridos e foram socorridos no Hospital Estadual Carlos Chagas, em Marechal Hermes. Ainda não se sabe da situação dos feridos no tiroteio.

De acordo com a Polícia Militar, a Avenida Chrisóstomo Pimentel de Oliveira, antiga Estrada Rio do Pau, está interditada nos dois sentidos. O Centro de Operações, da prefeitura do Rio pede que os motoristas evitem a região. Equipes de dois batalhões da PM estão no local com auxílio de um carro blindado.

Segundo a Federação de Transportes do Rio (Fetranspor), até o início da noite desta sexta-feira (2), quatro ônibus foram incendiados nas imediações do Complexo do Chapadão. Em Costa Barros, três ônibus que faziam as linhas 147I (Nova Iguaçu x Pavuna), 138I (Nilópolis x Caxias) e 779 (Pavuna x Madureira) foram atacados por criminosos e incendiados. O quarto ônibus era da linha 669 (Pavuna x Méier) e também foi incendiado por criminosos na Estrada do Camboatá, em Guadalupe.

Em nota, a Fetranspor disse que, desde o início do ano, sete ônibus já foram queimados no estado do Rio, sendo cinco somente na capital. Desde 2016, 142 ônibus foram destruídos em todo o Rio (dos quais 70 na capital). O prejuízo ultrapassa R$ 62 milhões. Com menos ônibus nas ruas, os passageiros são os principais prejudicados. O prazo de reposição de um ônibus pode chegar a seis meses, desde a encomenda até a regularização do veículo, informou a Fetranspor.
 

Leia também...

Loading...
Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com