Ocupação hoteleira deve chegar a 100% no Réveillon

O trade turístico baiano está unido e animado com a projeção de uma taxa de 30% a mais de ocupação hoteleira para o Réveillon de Salvador. É o que revelou ontem, 25, durante entrevista coletiva realizada no Monte Pascoal Praia Hotel, situado na Barra, Glicério Lemos, presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis – seção Bahia (ABIH-BA), que reuniu a imprensa e falou sobre o desempenho do setor, perspectivas dos hoteleiros para o próximo ano e a posição da entidade com relação ao Centro de Convenções da Bahia. Apesar das criticas aos chamados “gargalos” que impedem um maior crescimento da atividade turística na capital baiana, o dirigente prever os 40 mil leitos dos hotéis da capital baiana ocupados na festa da passagem de ano e cerca de 80% no verão, índice entre 10 e 12% maior do que o registrado no mesmo período em 2016. 

Segundo Glicério Lemos, 12 hotéis fecharam e “do ano passado até agora Salvador já perdeu mais de 20 mil postos de trabalho na cadeia do turismo”. Ele apontou a crise econômica nacional, o fechamento do Centro de Convenções da Bahia, a demorada obra do aeroporto de Salvador, a falta de propaganda do destino e o fato da cidade, em 2016, ainda “não estava boa pra nós baianos, quanto mais para receber turistas”, como fatores que contribuíram para um fraco desempenho do setor. Entretanto, a melhora da imagem da cidade, que ganhou novos equipamentos turísticos, e a atuação do trade, inclusive da entidade que dirige há 10 meses- que promoveu um Road Show em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult) com mais de 400 operadores e agentes de turismo das seis principais cidades do país, nos meses de setembro e outubro-, motivos que estão fazendo com que a expectativa do turismo para o verão que se aproxima seja positiva.

O presidente da ABIH-Ba aposta no foco do  turismo de sol e mar para atrair milhares de visitantes à Salvador, e destaca algumas iniciativas que contribuirão neste sentido na próxima temporada de alta estação: “Começa justamente no Réveillon. Esse ano a antecipação do Festival de Verão vai dá uma alavancada, é um evento que promove Salvador e isto é muito bom pra cidade, e a partir daí nós teremos um bom movimento.

A divulgação antecipada favorece as vendas, ao operador fazer os pacotes, favorece ao turista individual que compra a sua passagem com antecedência e mais barata, compra a hotelaria mais barata e isto fez com que este movimento já esteja aí 30% maior do que o ano passado nesta mesma época. E teremos uma temporada de janeiro excelente até o Carnaval”, pontuou, justificando que a procura por Salvador, por parte dos turistas, é uma demanda baseada nas consultas feitas aos parceiros do trade que confirmam esta tendência dos pólos emissores de visitantes .   

Na oportunidade, Glicério Lemos anunciou a realização do Fórum Baiano de Hotelaria e Turismo, maior evento do setor no Estado promovido pela entidade hoteleira, que acontecerá nos dias 8 e 9 de novembro, no Sheraton Hotel da Bahia, com importantes palestras  e rodadas de negócios, apresentando, em paralelo, a Feira de Equipamentos , Produtos e Serviços  ABIH –Ba e o Fun Show Salvador. O Fórum vai discutir as tendências do turismo, com foco no crescimento econômico do país, e a Feira contará com 40 expositores de diversos segmentos, atraindo um público estimado de 600 pessoas/dia. 
 


Outros destaques: