Novo referendo sobre a independência da Escócia é possível

É muito provável que um novo referendo sobre a independência da Escócia possa ser realizado nos próximos dois anos, mas a respetiva decisão ainda não foi tomada, informou a primeira-ministra da Escócia Nicola Sturgeon.

“O referendo sobre a independência da Escócia acontecerá, com elevado grau de probabilidade, nos próximos dois anos no contexto do processo referente ao artigo 50 (sobre a saída da UE), mas eu ainda não tomei essa decisão, embora ela faça parte da agenda”, disse Sturgeon em um briefing para jornalistas estrangeiros.

Se isso for o único caminho para manter a nossa permanência na UE, isso será aquilo que irá garantir os direitos dos escoceses, acrescentou.

Scotland's First Minister Nicola Sturgeon (R), greets Britain's Prime Minister David Cameron, as he arrives for their meeting in Edinburgh, Scotland, Britain May 15, 2015
© REUTERS/ RUSSELL CHEYNE
Primeira-ministra escocesa exigirá novo referendo caso a Escócia não ganhe poderes

A primeira-ministra nomeou uma equipe de peritos, cuja tarefa será defender a permanência da Escócia na UE.Vale a pena lembrar que, em 23 de junho, a maioria dos cidadãos britânicos votou a favor da saída da UE, enquanto 62% dos escoceses escolheram a permanência na União. Depois disso, Sturgeon declarou que não exclui a realização de um novo referendo para definir o destino da Escócia.

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com