Mulher baleada em Copacabana continua internada e sem previsão de alta

O Dia

– Kátia Hamed Garcia, de 36 anos, foi operada no Hospital Miguel Couto nesta sexta-feira. Família tenta transferi-la para uma unidade particular –

Rio – Baleada durante um assalto a uma filial das Lojas Americanas, em Copacabana, Zona Sul do Rio, Kátia Hamed Garcia, de 36 anos, foi operada nesta sexta-feira no Hospital Municipal Miguel Couto. Segundo a cunhada da mulher, Denise Hamed, o disparo atingiu a bexiga e o útero da vítima. “Ela está passando bem e falando. Vamos tentar transferi-la para um hospital particular. Ainda não há previsão de alta”, disse Denise.

De acordo com o 19º BPM (Copacabana), dois bandidos assaltaram o estabelecimento, na noite desta quinta-feira, e durante o roubo, a vítima, teria tentado deixar o local e acabou sendo baleada.

A PM informou que, na ocasião do crime, os suspeitos foram perseguidos, houve troca de tiros e eles conseguiram fugir em uma moto e ainda não foram presos. O caso foi registrado na 12ª DP (Copacabana).

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), ainda durante a madrugada, Kátia passou por uma cirurgia e está internada na UTI da unidade médica. Ainda de acordo com a SMS, o estado clínico da vítima é estável.


Outros destaques: