Melhor do mundo em 2006, Cannavaro destaca Ronaldo como o mais difícil de marcar

O Dia

– Ex-zagueiro italiano afirmou que ‘tinha que rezar’ quando jogava contra o centroavante brasileiro, seu companheiro no Real Madrid –

Madri – Mesmo depois de se aposentar, o ex-atacante Ronaldo continua recebendo elogios que o qualificam como um dos melhores jogadores de futebol da história. Nesta sexta-feira, foi Fabio Cannavaro quem falou sobre o brasileiro.

Em entrevista ao jornal espanhol ‘Marca’, o italiano elegeu Ronaldo como o jogador mais difícil de marcar que já enfrentou em sua carreira. 

“Quando eu jogava contra ele, era sempre muito difícil, eu tinha que rezar quando o via na minha frente. Além disso, agora é mais complicado defender, porque os atacantes vêm de frente. Eu gostava de marcar forte e não dar a possibilidade deles virarem, mas agora eles vêm juntos e depois fica no mano a mano”, afirmou o ex-defensor.

Eleito o melhor do mundo em 2006, quando foi campeão mundial com a Itália, Cannavaro também comentou sobre os dois jogadores que dominam a briga pelo título de melhor jogador do planeta atualmente: Messi e Cristiano Ronaldo.

“É muito difícil marcar o Messi, eu já joguei contra ele. A única coisa que se pode esperar é que ele cometa alguma falha, mas não para-lo. E o Cristiano Ronaldo também”.

O ex-zagueiro se aposentou no ano de 2011, por conta de uma lesão no joelho. Hoje com 43 anos, comanda o time do Tianjin Quanjian, clube pelo qual conquistou o título da segunda divisão chinesa, garantindo o acesso à divisão de elite para a próxima temporada.


Outros destaques: