Mais de 39 mil vagas formais de empregos fechadas em setembro

O Dia

– Construção Civil foi o setor que mais perdeu mão de obra. Foram 27. 591 demitidos –

Rio – O país perdeu 39.282 vagas formais de emprego em setembro deste ano. De acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho, divulgado ontem o saldo negativo é menor do que o registrado no ano passado, quando foram fechados 95.602 postos no mesmo mês. Em setembro, foram contratadas 1.142.797 trabalhadores e demitidos 1.182.079.

A Construção Civil foi o setor que mais fechou vagas formais no mês de setembro. O saldo no setor foi negativo em 27.591, conforme o Ministério do Trabalho.

Segundo a agência Estadão Conteúdo, o setor de Serviços registrou queda de postos, com saldo negativo de 15.144. O resultado líquido foi de demissões na agropecuária (-8.198 vagas), indústria extrativa mineral (-692 postos), serviços industriais de utilidade pública (-515 postos) e administração pública (-448 postos).

Por outro lado, a indústria da transformação registrou o segundo mês de saldo positivo (+9.366), depois de amargar 17 meses consecutivos de fechamentos de vagas. Em seguida veio o comércio, que, com a proximidade do fim do ano, registrou contratações líquidas de 3.940 trabalhadores. 


Outros destaques: