Macapá: Acompanhe a apuração dos votos do segundo turno para prefeito

Neste domingo (30), cerca de 32 milhões eleitores de 18 capitais e 37 municípios voltam às urnas para elegerem os chefes dos executivos municipais. O segundo turno das eleições ocorre em cidades com mais de 200 mil habitantes que não tiveram nenhum candidato com mais de 50% dos votos válidos no primeiro turno, que foi realizado no dia 2 de outubro.

Conheça quem disputa o segundo turno pela prefeitura de Macapá:

Formado em geografia e candidato pela coligação Pra Macapá Seguir Avançando (REDE / DEM / PPL / PSC / PT do B / PSDB / PC do B), Clécio Luís ocupa a prefeitura desde 2013. Em sua trajetória política, foi vereador por duas vezes consecutivas, de 2005 a 2012. Professor de Ensino Médio, Clécio foi eleito prefeito pelo Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), mas filiou-se à Rede este ano. Em suas contas eleitorais o candidato declara patrimônio no valor de R$ 328.391,74. Sua chapa conta com a vice Telma Nery (DEM). No primeiro turno dessas eleições, o candidato obteve 95.129 votos, o que representa 44,59% dos votos válidos.

Já o brasiliense Gilvam Pinheiro Borges (PMDB), de 58 anos, é formado em sociologia pela Universidade Federal do Pará (UFPA) e já foi deputado federal e senador. Em 1998, candidatou-se a governador do Amapá, ficando em terceiro lugar na apuração dos votos. O empresário Adiomar Veronese, do PROS, é seu o candidato a vice. No primeiro turno dessas eleições, o candidato obteve 56.256 votos, o que representa 26,37% dos votos válidos.

 


Outros destaques: