Jorginho lamenta derrota e reação da torcida, e liga sinal de alerta no Vasco

31 de agosto de 2016

O Dia

– Cruzmaltino foi derrotado pelo Vila Nova em São Januário e não vence há cinco jogos, mas se mantém na liderança da Série B –

Rio – O Vasco vive um momento contraditório. Ao mesmo tempo que segue líder da Série B, amarga um jejum de cinco jogos sem vitória. A situação não tem agradado a Jorginho, mas principalmente aos torcedores, que passaram a ter uma postura mais agressiva em relação ao time e ao próprio treinador. A derrota por 2 a 1 para o Vila Nova, em São Januário, foi o suficiente para os vascaínos agredirem verbalmente o treinador, que respondeu gesticulando em campo.

“Sou ser humano, como qualquer ser humano a gente tem sentimentos. Chamar de burro, isso é a coisa mais natural. Quando vai para o lado pessoal, ofensa à família… Realmente fiquei muito triste, mas quero dizer que sou muito grato à torcida do Vasco por todo o carinho que temos recebido. Passamos por momentos bem piores que este ano passado. Foi um momento de tristeza. Somente isso. Entendo o torcedor. Entendo que ele também está muito preocupado com o momento que estamos passando agora, deixando que a gordura que nós criamos chegue ao fim. O alerta chegou. Nós precisamos estar muito atentos agora. Temos um jogo muito difícil contra o Bahia”, disse Jorginho, que completou:

“Tivemos momentos aqui que o torcedor chegou a agredir jogadores, tínhamos que sair do aeroporto escondidos. Já passamos por situações bem piores que essa. Construção de um trabalho constante, conversa no pé de ouvido de cada jogador. A gente está experiente o suficiente para lidar come essa situação. Temos uma profissional que trabalha com psicologia, é algo extremamente importante.”

O Vasco, na ponta da Série B, com 41 pontos, agora tem apenas três a mais que o Atlético-GO. O Cruzmaltino volta a jogar no sábado, às 16h30, contra o Bahia, na Fonte Nova.

Leia também...

Loading...
Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Leitores On Line