Jair Ventura lamenta fim da invencibilidade, mas não se abate por derrota

30 de agosto de 2016

O Dia

– Treinador mantém a calma após primeiro resultado negativo no comando do Botafogo e aproveitar para criticar grama sintética –

Rio – O início de Jair Ventura foi promissor no Botafogo com duas vitórias em dois jogos. Mas na segunda-feira, o treinador conheceu sua primeira derrota no comando do Glorioso por 1 a 0 para o Atlético-PR. Apesar do revés, o técnico obviamenten não ficou feliz com o fim da invencibilidades, mas disse disse que a pesar do resultado negativo, viu muitas coisas positivas na atuação da sua equipe.

“O futebol tem dessas coisas. Criamos mais que o adversário, tivemos mais passe de bola (58%), finalizamos 13 vezes contra 10 do Atlético-PR… Sofremos um gol de bola parada, algo que treinamos bastante. Mérito do Atlético-PR, não dá para ficar lamentando. Estou triste com a derrota, mas satisfeito pela performance. O treinador tem sempre que cobrar performance, só assim para o time evolui. O resultado tem variáveis que você não pode controlar. Teremos uma sequência de jogos boa em casa. Estou triste com a derrota, mas de cabeça erguida. Assim como não ficamos eufóricos com as duas vitórias, não vamos nos abater com essa derrota”, afirmou Jair.

Jair Ventura também fez questão de dar sua opinião sobre o gramado sintético da Arena da Baixada, único na Série A do Brasileirão. Para o treinador, o piso não favoreceu à atuação do Botafogo, que teve dificuldades em diversos momentos da partida.

“Seria uma hipocrisia falar que não. Sim, a gente começa um jogo muito difícil, tentando se adaptar e toma o gol com sete minutos com a bola ainda muito mais viva do que o normal. Eu joguei um Mundial Sub-17, não querendo botar desculpa, nós perdemos a semifinal para o Uruguai, não foi nem por causa da grama, mas durante a competição tivemos jogadores que não conseguiam terminar a partida com bolha, para quem joga futebol sabe que é diferente. Mas enfim, a Fifa, todo mundo deixa jogar, é um caso atípico porque é o único do Brasil, mas paciência. Já passou e vamos pensar no próximo jogo.”

Na 13ª posição, o Alvinegro se mantém com 26 pontos, mas agora está a dois do Internacional, primeiro time no Z-.4. Na quinta-feira, o Glorioso tem o Cruzeiro pela frente, desta vez na Copa do Brasil, às 20h, na Arena Botafogo. Já pelo Brasileirão, a equipe tem o Grêmio, no domingo, às 16h, no mesmo local, em jogo atrasado da 19ª rodada.

Leia também...

Loading...
Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Leitores On Line