Invasão de forte na Venezuela tem dez foragidos, diz Maduro

7 de agosto de 2017

O Dia

– Invasores conseguiram achar armas –

Rio – O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, disse neste domingo que dez homens escaparam depois do ataque fracassado contra uma base militar do país. Maduro afirmou que vinte homens entraram no forte Paramacay, em Valência, nesta madrugada e que os guardas foram pegos de surpresa pelos intrusos, que alcançaram o fornecimento de armas da base. O presidente disse que soldados lutaram contra os intrusos até às 8h deste domingo e que dez escaparam enquanto outros dois foram fatalmente baleados. Um terceiro está ferido e outros sete foram capturados.

O governo afirma que dos vinte intrusos, apenas um já foi membro do exército. Os demais seriam civis com uniformes militares. Maduro alega que o ataque foi pago por líderes opositores em Miami e na Colômbia. Ontem, circulou vídeo em que um homem que se identifica como capitão Juan Caguaripano anunciava a revolta e pedia o apoio dos venezuelanos. Em 2014, quando fazia parte da Guarda Nacional, Caguaripano denunciou Maduro antes de se exilar.

Leia também...

Loading...
Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Leitores On Line