Impostos não subirão em 2017

O Dia

– Meirelles disse que o governo pretende encaminhar a proposta de reforma da Previdência ao Congresso ‘nas próximas semanas’ –

Rio – O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, avaliou nesta quinta-feira que a queda da arrecadação em agosto já era prevista. Ele reafirmou que não haverá de aumento de impostos tanto neste ano como em 2017. Nesta quinta, a Receita Federal divulgou queda real anual de 10,12% na arrecadação no mês passado.

“Neste ano, não se configura a necessidade de aumento de impostos. Todas as projeções que estamos fazendo no relatório bimestral de acompanhamento das contas públicas mostra que não se configura essa necessidade”, comentou Meirelles, antes de dizer que o Orçamento de 2017 igualmente não contempla reajustes tributários.

Meirelles disse que o governo pretende encaminhar a proposta de reforma da Previdência ao Congresso “nas próximas semanas” e espera que a matéria seja aprovada ao longo de 2017, de preferência no primeiro semestre. “É absolutamente normal que a reforma da Previdência tome alguns meses de discussão. A sociedade demanda isso e é o correto. A reforma não é algo a ser aprovado a toque de caixa”, comentou.


Outros destaques: